Consultoria divulga custo de peças para fabricar um iPhone 8

Valor representa cerca de 35% do preço final de comercialização

Publicado em 29 de setembro de 2017 às 04:22

- Atualizado há 10 meses

. Crédito: .

A empresa de pesquisa IHS Market divulgou um relatório mostrando os preços dos componentes dos iPhones, comparando com o valor final cobrado pela Apple aos consumidores. Vale destacar que a pesquisa não leva em conta itens importantes como mão de obra, desenvolvimento de software, marketing e outros pontos.  Novos iPhone têm preço de custo maior do que as versões anteriores Publicada pela Bloomberg, a pesquisa permite ter uma ideia do custo de se fabricar um telefone. Um modelo base do iPhone 8, com 64GB de armazenamento, tem preço somado dos componentes em US$ 247,51 (cerca de R$ 790). Nos EUA, a Apple vende o modelo desbloqueado por US$ 699 (cerca de R$ 2,2 mil). O preço do material corresponde, portanto, a cerca de 35% do preço de venda. 

A fabricação do iPhone 8 é mais cara do que a de seu antecessor. O custo de peças do iPhone 7 combinadas é de US$ 237.94 (R$ 755) - o valor de venda era US$ 649 (R$ 2.100). 

Segundo Wayne Lam, analista da IHS, a diferença é por conta dos avanços dos modelos de memória, câmera e processador. 

Com a versão Plus, o que acontece é similar. O iPhone 8 Plus tem peças custando US$ 288,08 (cerca de R$ 920), incluindo um novo sistema de câmeras que custa US$ 32,50 (cerca de R$ 105). A versão anterior tinha peças que custavam juntas US$ 270,88 (R$ 860). Com isso, o iPhone 8 Plus é vendido a partir de US$ 799 (R$ 2,6 mil), enquanto no ano passado o valor inicial era de US$ 769 (R$ 2.450).