Morre aos 86 anos Arlette Magalhães, viúva do senador ACM

Morre aos 86 anos Arlette Magalhães, viúva do senador ACM

Enterro será no Cemitério Campo Santo

Morreu na manhã deste sábado, no Hospital Cardio-Pulmonar, aos 86 anos, Arlette Maron Magalhães. Viúva do senador Antonio Carlos Magalhães, ela foi hospitalizada na última quarta-feira (4), após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC). O sepultamento será às 17h, no Cemitério Campo Santo. Antes do sepultamento será celebrada uma missa de despedida, às 16h, na capela do cemitério.

(Foto: Angeluci Figueiredo/Arquivo CORREIO)

Dona Arlette, como era conhecida, teve quatro filhos: Antonio Carlos Júnior, presidente da Rede Bahia, Teresa, Ana Lúcia e Luis Eduardo. Ela era avó do prefeito ACM Neto. "É um momento de dor para toda a família e para aqueles que conviviam com dona Arlette. Perdi uma avó dedicada, uma amiga e grande conselheira", lamentou o prefeito.

Cumprindo agenda no interior, o governador Rui Costa se manifestou, por meio de seu perfil oficial no Facebook, sobre o falecimento de dona Arlette. “Soube do falecimento de dona Arlette, na minha chegada aqui na cidade de Sítio do Quinto. Meus sentimentos aos familiares e amigos da ex-primeira-dama do Estado. Que Deus conforte todos nesse momento de dor”.

O deputado estadual Pablo Barrozo (DEM) também lamentou a perda. “Quem conviveu com dona Arlette conheceu uma mulher que passou a vida dedicando-se a ajudar os que mais precisam. Como ex-primeira dama do Estado e ex-presidente das Voluntárias Sociais, ela sempre teve um olhar voltado para o social”, disse. 

Filha de imigrantes libaneses que desembarcaram no Sul da Bahia no início do século XX, Arlette nasceu em Itabuna no dia 15 de novembro de 1931. Para aprofundar os estudos, veio morar em Salvador, onde conheceu o futuro marido, ainda estudante da Faculdade de Medicina da Ufba.