Caso Eloá: Lindemberg será ouvido nesta semana, diz defesa

Ele manteve duas adolescentes como reféns por 100 horas

Publicado em 4 de janeiro de 2009 às 11:49

- Atualizado há 9 meses

Lindemberg Alves, 22 anos, deve ser ouvido pela Justiça na próxima quinta-feira (08) no Fórum de Santo André, no ABC, de acordo com a advogada dele, Ana Lúcia Assad. O jovem é acusado de assassinar a tiros a ex-namorada, Eloá Cristina Pimentel, e de tentar matar a amiga dela, Nayara Silva, em outubro do ano passado.

CASO ELOÁ A adolescente Eloá Cristina Pimentel, 15 anos, foi mantida refém durante 100 horas pelo ex-namorado Lindemberg Fernandes Alves, 22 anos, em Santo André, São Paulo, levou um tiro na cabeça e outro na virilha. A garota foi atingida durante a operação da polícia que tentou libertá-la na noite de 17 de outubro de 2008.Além da ex-namorada, ele também manteve outra adolescente  em cativeiro, Nayara Rodrigues, 15 anos, que também foi baleada durante o resgate. Veja também: