Lula indica Janja para integrar comitiva do Brasil em evento da ONU sobre mulheres

A viagem para participar do evento se dará no período de 9 a 16 de março

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 8 de março de 2024 às 09:20

Janja, primeira-dama do Brasil
Janja, primeira-dama do Brasil Crédito: Ricardo Stuckert/PR

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva designou sua mulher, a socióloga Rosângela Lula da Silva, Janja, para integrar o grupo que irá representar o Brasil na 68ª Sessão da Comissão sobre a Situação da Mulher da Organização das Nações Unidas (ONU), a ser realizada de 11 a 22 de março em Nova York, nos Estados Unidos.

Conforme decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU), a viagem de Janja para participar do evento se dará no período de 9 a 16 de março. Segundo informações do órgão, a sessão é o maior encontro anual da ONU sobre igualdade de gênero e empoderamento das mulheres.

A comitiva do Brasil será liderada pela ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, que viaja nos mesmos dias de Janja. No período, a ministra terá ainda eventos paralelos ao evento da ONU e reuniões com representantes da União Europeia e de outros países

O grupo brasileiro ainda contará com Luanda Morais Pires, como representante da sociedade civil do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, e Denise Dourado Dora, advogada especializada em Direitos Humanos.