Médico chama farmacêutico de "imbecil" em receita após não ter letra entendida

Nesta terça-feira (6), o Conselho Regional de Farmácia do Maranhão (CRF-MA) disse que está "analisando o ocorrido"

Publicado em 6 de outubro de 2015 às 21:12

- Atualizado há 10 meses

O médico João Melo e Sousa Bentivi causou uma polêmica no Maranhão ao ser acusado de chamar um farmacêutico de "imbecil e analfabeto". Nesta terça-feira (6), o Conselho Regional de Farmácia do Maranhão (CRF-MA) disse que está "analisando o ocorrido".Receita de médico(Foto: Reprodução)Depois que o farmacêutico não entendeu a letra do médico em uma receita, ele mandou outra pelo paciente. "Ao farmacêutico imbecil e analfabeto vou repetir", escreveu. Ele ainda finaliza com "tenho dito e viva a burrice". O caso foi em uma farmácia do município de Pinheiro.

A CRF informou que caso confirme o episódio, deve pedir retratação por parte do médico. O farmêcutico já entrou em contato com o Conselho.

Uma determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) orienta que a prescrição deve estar legível e sem rasuras, entre outros itens obrigatórios. Até o momento, o CRM-MA não comentou o caso.