Perícia aponta que Alexandre teria desviado R$ 41 milhões da empresa de Ana Hickmann

Casal terminou após denúncia de violência doméstica

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 15 de fevereiro de 2024 às 15:40

Ana Hickmann e Alexandre Correa
Ana Hickmann e Alexandre Correa Crédito: Redes sociais

Um laudo pericial assinado por Cláudio Wagner e divulgado pela colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, aponta que o ex-marido de Ana Hickmann, Alexandre Correa, transferiu cerca de R$ 41,8 milhões da empresa em que era sócio com a apresentadora, a Hickmann Serviços Ltda, para suas contas pessoais.

Segundo a colunista, os saques foram ocultados na contabilidade da empresa, em uma ação que o analista descreve como uma “manipulação” para enganar sócios e credores.

Alexandre também teria emitido notas fiscais frias e falsificado assinatura da esposa em diversos documentos.

“O surpreendente das movimentações financeiras não se limita ao montante transferido, mas sim à forma dissimulada como essas saídas foram contabilizadas”, diz um trecho do documento.

Em um outro momento, o perito diz que a manobra “caracteriza claramente uma fraude contábil, pois oculta na contabilidade os saques efetuados por Alexandre Bello Correa. Além disso, não evidencia integralmente e de forma correta o débito dele junto a empresa referente aos respectivos saques. Ou seja, é uma verdadeira manipulação dos relatórios financeiros que acaba por enganar sócios e credores”.

Os dados foram apresentados à Justiça pelo advogado de Ana Hickmann, Fernando José da Costa.

O advogado de Alexandre Correa, Enio Murad, rebateu e disse à Folha que Ana Hickmann “não conseguiu provar nada do que alega” e chamou as afirmações de “falsas”.