Suspeito de atirar no músico Mingau é detido em Taubaté, no interior de São Paulo

Apenas um suspeito segue foragido

Publicado em 14 de outubro de 2023 às 16:38

A Polícia Militar (PM) do Estado de São Paulo prendeu na tarde deste sábado, 14, Pablo William da Silva Mostarda, 29 anos, um dos suspeitos de atirar contra o baixista da banda Ultraje a Rigor, Rinaldo Oliveira Amaral, mais conhecido como Mingau. De acordo com informações da PM, Mostarda estava em uma residência na área rural da cidade de Taubaté, no Vale do Paraíba, no interior de São Paulo.

Com ele, a polícia encontrou uma arma de fogo. A suspeita é a de que essa seja arma que teria sido utilizada na ação que atingiu Mingau, em setembro deste ano, na cidade de Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro.

Dos cinco suspeitos de envolvimento na tentativa de homicídio, a polícia já prendeu quatro. Resta apenas um, de nome Hiago. A foto dele está em um cartaz divulgado pela polícia do Rio de Janeiro.

No dia do crime, Mingau foi atingido com um tiro na cabeça, dentro de seu carro. O projétil atravessou o crânio do músico. Ele foi socorrido em um hospital de Paraty e posteriormente foi transferido para Hospital São Luiz, em São Paulo, onde permanece internado para recuperação.

Nesta sexta-feira,13, um boletim médico do Hospital São Luiz apontou que Mingau registrou momentos de interação com a família, com piscar de olhos, algo muito esperado por seus familiares.