CACHORRO SEGUE INTERNADO EM ESTADO GRAVE

Mulher abandona cachorro ferido e cego após atacá-lo com soda cáustica

Caso aconteceu em Heliópolis, na Zona Sul de São Paulo

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 13 de abril de 2024 às 11:46

Cachorro é atacado com soda cáustica
Cachorro é atacado com soda cáustica Crédito: Redes sociais

No final de março, Billy, conhecido como "negão", foi encontrado cego de um olho e perdeu boa parte da pele das suas costas após uma vizinha jogar soda cáustica nele, na comunidade de Heliópolis, na Zona Sul de São Paulo.

Nesta semana, a Polícia Civil informou que a suspeita do ataque foi localizada e encaminhada à delegacia para prestar esclarecimentos. Segundo o jornal O Globo, ela teria realizado o ataque porque o cachorro, supostamente, atacou o filho dela no início de março.

A Delegacia de Investigações sobre Infrações contra o Meio Ambiente (Diicma) vai continuar a investigação como maus-tratos aos animais. O animal segue internado com queimaduras de terceiro grau nas costas. Enquanto a suspeita foi liberada, já que não se tratava de flagrante.

A situação do cachorro viralizou nas redes sociais após uma ativista dos direitos animais expor na web o ocorrido contra Negão. Diversos internautas pediram por Justiça e que a polícia localizasse em tempo hábil a suspeita do crime.

A Lei Sansão definiu, em 2020, que o abuso, maus-tratos, mutilação, entre outros ataques contra cães e gatos poderão ser punidos com prisão de até cinco anos. Caso a pessoa seja condenada, poderá pagar multa que varia de R$ 50 a R$ 50 milhões.