VÔLEI

Seleção celebra vitória na Liga das Nações e Bernardinho prevê mudanças

Os comandados de Bernardinho superaram o Irã por 3 sets a 1, com parciais de 25/19, 22/25, 25/16 e 25/23

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 6 de junho de 2024 às 11:15

Equipe comemorando vitória contra o Irã
Equipe comemorando vitória contra o Irã Crédito: Reprodução/Twitter CBV

A seleção brasileira masculina de vôlei faturou a segunda vitória consecutiva na Liga das Nações, na madrugada desta quinta-feira, em Fukuoka, no Japão. Os comandados de Bernardinho superaram o Irã por 3 sets a 1, com parciais de 25/19, 22/25, 25/16 e 25/23, o que trouxe tranquilidade ao técnico e ao time.

"O time iniciou bem. Estava bem no saque, colocando pressão no time do Irã. No segundo set, tivemos algumas falhas contra um time que jogava solto, sem tanta responsabilidade. Dominamos o terceiro set e, no quarto, voltamos a errar um pouco, e eles também tiveram méritos. Mas o importante foi a vitória, mais uma para continuar perseguindo o nosso primeiro objetivo da temporada, que é classificar para a fase final, na Polônia", disse o treinador.

Para o segundo duelo desta segunda semana da Liga das Nações, o treinador promoveu mudanças na escalação. Ele poupou Darlan e Flávio e escalou o time com Cachopa, Alan Souza, Lucão, Isac, Leal, Lucarelli e Thalles. O levantador Bruninho está fora desta semana por conta de lesão muscular. O destaque da partida foi Alan, maior pontuador do time, com 20.

Para a partida seguinte, contra a Eslovênia, o treinador projeta mais novidades na equipe. "Serão três jogos em dias seguidos e é impossível jogar os três com a mesma formação. Temos que rodar o time, então vamos fazer mudanças de novo amanhã. A partir de agora, já começamos a pensar na Eslovênia. É um time que está invicto, vem jogando muito bem e vai se classificar para os Jogos Olímpicos", declarou Bernardinho.

A seleção eslovena é a única invicta na Liga das Nações até agora. Lidera a classificação, com 13 pontos, enquanto o Brasil, que já perdeu duas, figura na quinta colocação, com 12 pontos. O duelo está marcado para as 3h30, pelo horário de Brasília, desta sexta-feira.