Arthur Sales aproveita chance e abre leque de opções para o ataque do Bahia

Atacante marcou dois gols em classificação tricolor na Copa do Brasil

  • Foto do(a) author(a) Gabriel Rodrigues
  • Gabriel Rodrigues

Publicado em 30 de abril de 2023 às 05:00

- Atualizado há 10 meses

. Crédito: Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

A goleada por 4x0 sobre o Volta Redonda garantiu o Bahia nas oitavas de final da Copa do Brasil e deu um pouco de tranquilidade ao técnico Renato Paiva após o início ruim no Brasileirão. Mas quem soube aproveitar bem a oportunidade na Fonte Nova foi o atacante Arthur Sales.

O jogador saiu do banco de reservas no segundo tempo e marcou dois dos quatro gols do Esquadrão na partida. O desempenho rendeu elogios do técnico Renato Paiva e aumentou a confiança no atleta para a sequência da temporada. 

Apesar de ter sido formado como jogador de lado de campo, Arthur Sales vem se destacando pela boa finalização e desde o início do Brasileirão tem sido a principal sombra para o atacante Everaldo na disputa pela função de referência do ataque tricolor. Até aqui, ele soma três gols em seis partidas. 

“Em relação ao Athur, temos que aproveitar o que ele tem de melhor, que é a finalização. Ele foi bem na Bélgica jogando como ponta, mas na cara do gol finaliza muito bem. É um jogador que vamos trabalhar nessa posição nova e estou muito satisfeito com o que ele tem feito nos treinos”, disse Renato Paiva, antes de completar: 

“Não é fácil entrar com falta de ritmo e confiança nos jogos. Por isso peço paciência para eles. Outros também vão começar a aparecer. Diego Rosa é outro caso que quando entra acusa um pouco a falta de utilização, mas eu sei, eu estou nos treinos. Tomo decisões a partir do que vejo”. 

O destaque individual que Arthur Sales conseguiu diante do Volta Redonda, aliás, vem na hora certa para o jogador. A partir dos próximos compromissos no Brasileirão a briga pelo papel de centroavante do Bahia terá mais uma peça já que Vinicius Mingotti, último contratado pelo Esquadrão no primeiro semestre, está à disposição e pode estrear na partida contra o Vasco, nesta segunda-feira (1º), em São Januário.

Mingotti, também se coloca com um bom finalizador e garante que vai acirrar a briga pela condição de titular do Bahia. Ele foi contratado pelo Esquadrão após a decisão de Ricardo Goulart de se aposentar do futebol. 

Artilharia Desde o início da temporada, Everaldo assumiu o papel de principal referência do ataque tricolor. O camisa 9 demorou para engrenar no Esquadrão e chegou a revezar a titularidade com Ricardo Goulart, mas colocou o pé na forma e  se tornou o principal goleador do time. 

Ele já marcou 10 gols em 2023. Seis deles foram anotados no Campeonato Baiano, torneio no qual o centroavante terminou como artilheiro, ao lado de Cesinha do Itabuna. Outros três tentos foram marcados na Copa do Nordeste, e um no Brasileirão, na derrota por 2x1 para o Red Bull Bragantino, na estreia.  

No elenco tricolor, os jogadores de lado também têm sido importantes para balançar as redes. Os atacantes Biel e Vitor Jacaré são os vice-artilheiros do Esquadrão. Cada um marcou seis gols no ano. Jacaré tem jogado de ala direito e nos últimos jogos assumiu a condição de batedor de pênaltis na ausência de Everaldo. O meia Cauly, com cinco tentos, fecha o top-3 de artilheiros no ano.