Dor de cabeça: com virose, Eder vira dúvida na lateral direita

Tricolor já não terá o titular Eduardo, suspenso, contra o Coritiba; zagueiro Everson vira opção

Publicado em 29 de setembro de 2017 às 10:32

- Atualizado há um ano

. Crédito: Felipe Oliveira / EC Bahia

O técnico Preto Casagrande ganhou um problema a mais para escalar o time do Bahia que enfrenta o Coritiba no sábado (30), às 16h, na Fonte Nova. O zagueiro Eder, que seria o substituto do suspenso Eduardo na lateral direita, está com uma virose e virou dúvida para a partida.

Eder não treinou quinta-feira (28), segundo revelou Preto em entrevista coletiva antes do treino desta sexta (29), e também foi poupado da atividade desta sexta-feira (29), realizada na Fonte Nova e aberta à imprensa apenas durante o aquecimento.   Eder vira dúvida na lateral direita tricolor (Foto: Arisson Marinho / CORREIO) “Não consigo confirmar ainda, até porque Eder não treinou ontem, teve uma virose. Então a escalação da lateral direita está indefinida. Na zaga entra Thiago Martins mesmo, é um jogador jovem, mas experiente. Já observamos ele no dia a dia, está muito focado, entrosado. Tenho certeza que fará um grande jogo. Quanto à lateral, independente de quem jogar, temos que aproveitar as características individuais de cada um. Ninguém tem as características de Eduardo, então quem entrar vai buscar jogar com suas características”, explicou Preto antes da atividade. Thiago Martins entra na zaga porque Lucas Fonseca também está suspenso. 

Se Eder não jogar, Preto tem a opção de colocar um meio-campista ou outro zagueiro prata da casa na posição. “Não tendo Eder, temos algumas outras opções. Lógico que tem que ser no improviso mesmo. Temos algumas possibilidades como Yuri, Matheus Sales, Feijão. Ontem usei Everson, que é um zagueiro muito rápido, veloz. Hoje vamos tomar essa decisão, mas independente de quem vá para campo, sei que todos têm condições de jogar”, afirmou. O meia Ferrareis também tem treinado na posição ultimamente e é mais uma opção.

O restante do time está definido e terá Jean, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Edson, Juninho, Zé Rafael, Vinícius e Mendoza; Rodrigão.