Artilheiro do time, Neilton destaca espírito coletivo do Leão

Apesar da reação rubro-negra, é necessário passar a vencer em casa para se manter fora da zona

Publicado em 28 de setembro de 2017 às 06:45

- Atualizado há 10 meses

. Crédito: Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória

Ele é o artilheiro do Vitória no Brasileirão, mas prefere destacar a força do grupo rubro-negro. Autor de seis gols, Neilton faz questão de dividir o mérito da arrancada no campeonato. “O espírito coletivo é fundamental e vem fazendo a diferença pra que a gente possa atuar bem”, pontua o dono da camisa 10 do Leão. “O que Mancini vem plantando para nossa equipe e a nossa obediência tática também”, acrescenta o jogador.

Dono da quinta melhor campanha do segundo turno, com dez pontos de 18 possíveis, o Leão deixou a zona de rebaixamento ao ganhar do Atlético Mineiro por 3x1, domingo passado, no estádio Independência, em Belo Horizonte. Com isso, chegou a 29 pontos e saltou do 19º para o 16º lugar. O São Paulo, que abre o Z4, tem 27.

Para seguir com a corda relativamente frouxa no pescoço, Neilton e companhia precisam voltar a se impor longe de Salvador. O próximo jogo também é fora de casa, contra o Botafogo, domingo (1º), às 16h, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

“Vai ser um jogo difícil. A equipe deles joga como nós, com espírito coletivo, é bem competitiva e vai ser uma guerra”, projeta Neilton, que vai enfrentar o ex-clube. O atacante vestiu preto e branco em 2015 e 2016. 

A equipe carioca é a 6ª colocada na Série A, com 40 pontos. Apesar da diferença de pontuação entre os times, Neilton acredita que os bons resultados fora de casa fizeram os adversários respeitar mais o Vitória.  O rubro-negro é o terceiro melhor visitante do Campeonato Brasileiro. Em 12 partidas, foram seis triunfos, dois empates e quatro derrotas, com 16 gols marcados e 15 sofridos.

O Leão não perde fora de casa desde o dia 16 de julho, quando foi derrotado pelo Palmeiras por 4x2, no Allianz Parque, ainda com Alexandre Gallo como técnico. De lá pra cá, o time fez cinco jogos em território rival: empatou com o Cruzeiro e venceu Flamengo, Corinthians, Coritiba e Atlético Mineiro. A única derrota sob comando de Vagner Mancini foi no Barradão, 1x0 para o Avaí.

“A nossa equipe vem em uma crescente no campeonato e, com certeza, vão olhar pra gente com outros olhos. Acho que temos que manter os pés no chão e trabalhar forte para não cair em armadilhas”, alerta Neilton.

Aniversariante Quem não escapou da armadilha dos próprios colegas foi Uillian Correia. Aniversariante da quarta-feira (27), o volante completou 28 anos e foi presenteado com muito ovo e farinha de trigo ao final do treino na Toca do Leão. O jogador também ganhou bolo e “parabéns pra você” no vestiário. O elenco volta a treinar nesta quinta-feira (28) à tarde.