Custo da construção civil sobe 11,73% em 2008, mostra IBGE

Em dezembro o índice teve queda de 0,19 % em relação a novembro

Publicado em 9 de janeiro de 2009 às 14:47

- Atualizado há 9 meses

O Índice Nacional da Construção Civil, divulgado nesta sexta-feira (9), registrou variação de 0,62% em dezembro de 2008, com desaceleração de 0,19 ponto percentual em relação a novembro (0,81%). Em 2008, porém, o índice apresentou alta de 11,73%, resultado superior aos 6,08% registrados em 2007.

Em dezembro, os materiais registraram alta de 0,62% e a mão-de-obra, de 0,61%. Entretanto, o componente materiais apresentou significativa desaceleração (-0,43 ponto percentual) em relação a novembro (1,05%), enquanto a parcela referente à mão-de-obra avançou 0,14 ponto percentual na comparação com a taxa de novembro (0,47%).

Por metro quadrado, o custo nacional passou de R$ 672,62 para R$ 676,78, de novembro para dezembro – R$ 395,65 referentes às despesas com materiais e R$ 281,13, à mão-de-obra.

No acumulado do ano de 2008, os materiais ficaram 13,78% mais caros e foram a componente que mais puxou a aceleração do índice da construção civil. Ainda assim, houve significativa desaceleração em relação a novembro (passou de 1,05% para -043%).

Por outro lado, a mão-de-obra (0,61%) avançou 0,14 ponto percentual na comparação com a taxa de novembro (0,47%), devido a reajustes salariais da categoria nos estados do Amapá, Piauí e Minas Gerais.

A pesquisa mostra que em dezembro, Piauí e Amapá, por conta de reajustes salariais, registraram as maiores altas na variação mensal dos custos da construção civil: 4,18% e 4,16%, respectivamente. O Estado de Minas Gerais também apresentou alta de 2,19% devido aos reajustes salariais.O Piauí teve, ainda, entre os estados, a maior variação acumulada no ano de 2008: 16,86%.

A parcela do custo referente à mão-de-obra aumentou 8,97% e ficou acima da registrada no ano anterior (7,21%) aumentando o custo nacional por metro quadrado que passou de R$ 605,71 em dezembro de 2007 para R$ 676,78 em dezembro de 2008.

Por região, o Sudeste (0,83%) apresentou a maior alta de custo na construção civil, em dezembro passado e encerrou o ano com o maior custo regional. O Centro Oeste (0,14%), situou-se bem abaixo das demais regiões.

Em todo o ano de 2008, os custos regionais por metro quadrado ficaram em R$ 716,80 no Sudeste, R$ 674,90 no Norte, R$ 667,06 no Sul; R$ 646,76 no Centro-Oeste e R$ 632,94 no Nordeste.

A comparação das séries, nos períodos 2007 e 2008, indica que, a partir de maio de 2008, o nível da variação do custo nacional da construção civil apresentou forte elevação, voltando a mostrar tendência de queda a partir de outubro.

O índice é calculado mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em convênio com a Caixa Econômica Federal, a partir do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi).

(Com informações da Agência Brasil)