Detenta trans é transferida para prisão masculina após engravidar outras presas

Relações entre Demi Minor e outras detentas foi consensual

Publicado em 19 de julho de 2022 às 16:23

- Atualizado há 9 meses

. Crédito: Foto: Reprodução

Uma detenta trans precisou ser transferida para um presídio masculino após engravidar duas presas no Centro Correcional para Mulheres Edna Mahan, em New Jersey (EUA). As relações sexuais foram consensuais.

Demi Minor, de 27 anos, está agora cumprindo pena por homicídio no Centro Correcional Garden State Youth. De acordo com a direção da penitenciária, a dententa está instalada em uma ala para vulneráveis. Ela é a única mulher no centro de detenção, segundo o site "NJ.com".

Desde 2021 prisioneiros e prisioneiras são alojados de acordo com sua identidade de gênero no estado de New Jersey. A política fazia parte de um acordo de um processo de direitos civis movido por uma mulher forçada a viver em prisões masculinas por 18 meses. Casos de abusos foram revelados.

Detentas não precisam fazer cirurgia de mudança de sexo para ficar em Edna Mahan. O contato íntimo entre presos e com visitantes não é permitido.