DO AMÉM AO LAROYÊ

Atriz de 'Renascer' revela ter deixado igreja evangélica para seguir religião de matriz africana na Bahia

Eli Ferreira se converteu ao Ifaísmo e preocupou a mãe

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 10 de maio de 2024 às 11:23

Eli Ferreira
Eli Ferreira Crédito: Redes sociais

A atriz Eli Ferreira, que está no ar na novela 'Renascer', da Globo, decidiu mudar a vida religiosa após perceber que nada do que era cultuado na igreja evangélica, em sua percepção, era certo.

Criada indo para igreja desde criança, em 2022, a artista teve o primeiro contato com o candomblé e ficou apaixonada com o culto de Ifá.

"Sou ifaísta. Percebi que a religião não era nada daquilo que ouvi falar a vida inteira dentro da igreja evangélica, que acredito ser a mais intolerante. Qualquer coisa ligada à África e aos negros é muito deturpada – desabafa a atriz, ciente de muitos preconceitos que são vinculados à ancestralidade africana e suas heranças contemporâneas, culturais, sociais e religiosas", disse em conversa ao jornal Extra.

A mãe da atriz, Jerusa Ferreira, não aceitou muito bem a saída da filha da igreja evangélica, mas respeitou a ida de Eli para o candomblé, já que a artista sentiu que foi um chamado para viver sua ancestralidade e valorização dos antepassados.

"Quando saí da igreja evangélica, minha mãe não curtiu muito, como já era de se esperar. Inicialmente, existiram algumas dúvidas por parte dela. De qualquer maneira, não foi uma grande questão. Se estou bem resolvida comigo, não tem nenhuma pressão", explicou.

Por fim, a contratada da Globo reforçou que a religião não impõe falsa perfeição como acontece, segundo ela, nas religiões que tratam do evangelismo: "Também fala de ancestralidade, da importância de cultuar a natureza e de valorizar os mais velhos. Nunca ouvi sobre isso durante tantos anos na igreja".