NASCEU PARA O ÁLCOOL

Autocervejaria: condição faz juiz absolver homem que dirigiu alcoolizado

Um homem foi absolvido pela Justiça na Bélgica por provar que o seu próprio corpo produz álcool; o rapaz foi pego alcoolizado e dirigindo

  • Foto do(a) author(a) Jornal O Povo
  • Jornal O Povo

Publicado em 23 de abril de 2024 às 20:06

Em alguns carros é possível fazer trocas manuais por essas teclas fixadas atrás do volante, as chamadas borboletas
Carro Crédito: Foto: FCA

Você já ouviu falar que o próprio corpo pode produzir álcool igual o que é encontrado nas bebidas alcoolizadas? Foi isso que aconteceu com um homem na Bélgica, que foi pego dirigindo “alcoolizado” e foi absolvido nesta segunda-feira (22), depois que foi provado que ele tinha a síndrome de 'autocervejaria'.

A identidade dele não foi revelada. Segundo a advogada de defesa, Anse Ghesquiere, a síndrome é rara e três médicos confirmaram que o acusado tinha a condição. Uma coincidência do caso, que foi destacada pela profissional, é que o homem trabalha em uma cervejaria.

A mídia belga também informou que durante o veredito do caso, o juiz fez questão de reforçar que o motorista foi encontrado sem sinais de intoxicação.

Síndrome da Autocervejaria: o que é?

Lisa Florin, bióloga clínica do hospital belga AZ Sint-Lucas, disse que as pessoas com ABS (sigla da síndrome de autocervejaria) produzem o mesmo tipo de álcool encontrado nas bebidas alcoólicas, mas que os efeitos são apresentados de maneira mais leve, apesar da pessoa poder ficar cambaleante, com a fala arrastada e em estado de confusão. 

Florin também declarou que as pessoas não nascem com a condição, e que geralmente é desenvolvida quando a pessoa já apresenta outra doença intestinal.