Após acusar Chimbinha de assédio, filha de Joelma não teme processo: "vou até o fim"

Natalia Sarraf fez a revelação durante uma conversa pelo WhatsApp: "acordei com ele me apalpando"

Publicado em 28 de outubro de 2015 às 10:10

- Atualizado há 10 meses

A filha da cantora Joelma, Natalia Sarraff, quebrou o silêncio e falou pela primeira vez após afirmar ter sido assediada por Chimbinha quando ainda era criança. A revelação aconteceu durante uma conversa com seu confidente no WhatsApp. Em entrevista à coluna Retratos da Vida, do jornal 'Extra', a moça afirmou que não teme em ser processada pelo músico, pois "não teria por que inventar isso". Após acusar Chimbinha de assédio, filha de Joelma não teme processo: "vou até o fim"Fotos: Reprodução/Facebook e Divulgação"Foi muito difícil pra mim e, se ele diz que vai me processar, vou até o fim porque isso não é mentira, eu não teria por que inventar isso. Depois que cresci comecei a pensar assim. Mas por muito tempo tive medo. Não dele, mas de perder minha mãe. Não sei o motivo, mas pensava nisso. Minha avó chegou a me perguntar se ele já teria tentado algo. Isso logo depois de ele correr atrás da empregada. Na época eu neguei para a minha avó. Achei melhor. Sempre tive medo", contou.

Tudo começou após um print de uma conversa ter ganhando as redes sociais. No bate-papo, a jovem afirma ter sido assediada pelo ex-padrasto quando ainda era criança.(Foto: Divulgação)"Certa noite, acordei com ele me apalpando. Isso eu tinha mais ou menos uns 12 anos ou menos. Não lembro, só lembro que foi em uma das minhas férias que passei com eles, desde aí fiquei com medo e não falei", diz Natalia em um trecho da conversa. 

Em outro momento, ela fala sobre as brigas que presenciou entre a mãe e o músico: "desde criança presenciei muita coisa, por isso nunca gostei dele. Já vi ele brigando com minha mãe. Em uma das brigas, minha tia Joselma foi pra cima dele e não deixou ele bater nela (em Joelma), pois se ele batesse nela, ele iria se ver com ela. Ele já correu atrás de uma empregada nu".

[[saiba_mais]]