Após relato de assédio, pai de filha de Joelma se revolta: "Acabo com Chimbinha"

Sarraff disse que caso confirme a história vai fazer todos os esforços para "acabar com Chimbinha" e fazer justiça para a filha

Publicado em 28 de outubro de 2015 às 15:03

- Atualizado há 10 meses

Depois que Natalia Sarraff, filha de Joelma, fez uma declaração de que sofreu abuso do ex-padrasto Chimbinha, o pai da jovem afirmou que desconhecia a história e ficou chocado ao tomar conhecimento, pela imprensa, da denúncia. O motorista Beto Sarraff disse ao Extra que a filha sempre ligava pedindo socorro e reclamando do padrasto.Natalia com o pai, Beto Sarraff(Foto: Acervo Pessoal)Sarraff disse que caso confirme a história vai fazer todos os esforços para "acabar com Chimbinha" e fazer justiça para a filha. "Ela sempre me ligava chorando reclamando do Chimbinha. Eu sabia que ela não tinha uma boa relação com ele. Mas ela nunca me disse o que acontecia de fato. Se ele realmente abusou da minha filha, eu nem sei o que eu sou capaz de fazer. Fico todo arrepiado só de pensar. Vou me informar sobre isso e, se for verdade mesmo, quero justiça. Eu acabo com ele", disse.

O pai contou que mora distante da filha, mas nunca deixou de estar presente na vida dela. A garota foi criada até os 15 anos pela avó paterna. Para Sarraff, Joelma é tão responsável quanto Chimbinha pelo possível assédio.

"Falo com minha filha direto, e ela nunca me contou isso. Se isso realmente aconteceu, a Joelma é tão responsável quanto ele (o Chimbinha). Se isso aconteceu, foi debaixo do nariz dela. Ela deveria ter prestado mais atenção nisso e tomado uma atitude. Para mim, ela faltou como mãe. E eu não vou admitir isso", conta. 

[[saiba_mais]]

"Ciumenta"Sarraff relembrou que conheceu Joelma ainda na adolescência - ela engravidou aos 15 anos. Os dois foram morar juntos, mas a relação foi destruída pelas constantes brigas e, segundo ele, ciúmes da cantora.

"Ficamos juntos por quatro anos. Mas a gente brigava muito. Ela era muito ciumenta e fazia muito barraco. Teve um dia que eu cheguei em casa e encontrei minhas roupas todas espalhadas e rasgadas com faca. Um amigo meu me disse, na época, que se a gente não se separasse, ela ia acabar me matando", contou.

Depois da separação, ele disse que não teve mais contatos com a ex-mulher. "Eu só acompanho o que sai na mídia, e vejo que ela não mudou nada, só ficou rica...Joelma é uma pessoa muito difíciil de lidar, muito ciumenta. Não tenho nada contra eles, só quero que eles parem de fazer mal a minha filha. A Natalia sempre procurou não depender deles para nada. Sempre batalhou sozinha. Quando ela precisava de dinheiro, ela pedia a mim e a avó dela. Nunca procurou a mãe. Não é justo que façam mal a ela", finaliza.