MELHORA

Faustão recebe alta de hospital após quase dois meses internado

Apresentador superou rejeição a órgãos transplantados

  • Foto do(a) author(a) Alô Alô Bahia
  • Alô Alô Bahia

Publicado em 12 de abril de 2024 às 16:35

Faustão grava vídeo sobre doação de órgãos para o Ministério da Saúde
Faustão  Crédito: Redes sociais

Fausto Silva, 73 anos, o Faustão, recebeu alta do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, onde estava internado há quase dois meses, nesta sexta-feira (12). Ele foi internado no final de fevereiro após apresentar problemas no transplante de rim.

“São Paulo, 12 de abril de 2024 – Fausto Silva recebeu alta do Hospital Israelita Albert Einstein nesta sexta-feira, dia 12 de abril de 2024. O paciente seguirá sob as orientações médicas”, diz o boletim médico divulgado para imprensa.

O comunicado é assinado pelo Dr. Marcelino Durão, nefrologista e coordenador médico de transplante renal do Hospital Israelita Albert Einstein. Dr. Fernando Bacal, cardiologista do Hospital Israelita Albert Einstein. Dr. Miguel Cendoroglo Neto, diretor médico de serviços hospitalares e prática médica do. Hospital Israelita Albert Einstein.

O apresentador estava fazendo diálise (tratamento para suprir o mau funcionamento dos rins) desde dezembro e voltou a ser hospitalizado por causa do agravamento de uma doença renal crônica. A internação ocorreu seis meses após receber um transplante de coração em agosto do último ano. De acordo com a esposa de Faustão, Luciana Cardoso, o novo órgão transplantado sofreu uma rejeição há três semanas, então um tratamento mais potente foi feito, e ele teve uma melhora.

O que aconteceu com Faustão?

Faustão foi internado em agosto de 2023 por conta de uma insuficiência cardíaca. Duas semanas depois, ele entrou na fila única da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo para um transplante de coração, que foi realizado no dia 27 de agosto.

Em sua primeira entrevista após o procedimento, Faustão detalhou os desafios sobre a recuperação.

“A cirurgia é o de menos, é impressionante. Instalou o coração, já começou a funcionar, é o que dá menos trabalho. O problema são as outras coisinhas. Pele seca, ficar 45 dias em cama de hospital, você ficar com a musculatura, tem que refazer tudo. Fazer reabilitação com a questão da fisioterapia. Muita disciplina, muita paciência. O problema é só isso”, afirmou.