REVELAÇÃO

Khloé Kardashian não amou filho de barriga de aluguel ao nascer: ‘Levou meses, não vou mentir’

Khloé imaginava ter uma experiência mais parecida com a da irmã, Kim Kardashian, que teve dois filhos por barriga de aluguel

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 9 de maio de 2024 às 19:24

Khloé Kardashian e o filho Tatum Crédito: Reprodução

Khloé Kardashian demorou meses para criar vínculo com seu filho Tatum, gestado por barriga de aluguel, contou a influenciadora em entrevista ao podcast americano SHE MD. A criança nasceu em julho de 2022, fruto de seu relacionamento com o ex, o jogador de basquete Tristan Thompson. Eles também são pais de uma menina, True, de 6 anos.

Na entrevista ao podacst sobre saúde feminina, a empresária contou que a experiência de se tornar mãe pela segunda vez foi bem diferente da primeira. Como não era ela quem estava gestando a criança, frequentando consultas médicas e fazendo exames, a situação não parecia real.

Khloé demorou para contar para a família que o procedimento de transferência de embriões para a barriga de aluguel tinha dado certo, e também para falar sobre a gravidez publicamente. Hoje, ela percebe que esteve em negação. "Fiquei muito desapegada. Eu realmente não conseguia encarar", disse.

"Sou muito honesta sobre minha jornada com a barriga de aluguel e estava com muito medo de ser tão honesta porque acho que não é normal que uma mãe não sinta amor instantâneo por seu bebê. Mas, trabalhei muito nisso e hoje sou obcecada por Tatum. Mas levou meses, não vou mentir", revelou a empresária.

Khloé ainda compartilhou que imaginava ter uma experiência mais parecida com a da irmã, Kim Kardashian, que teve dois filhos por barriga de aluguel. "Ela ter passado por aquilo me deu mais conforto para enfrentar também. Mas então me senti ainda mais culpada por me sentir tão desconectada [do bebê], porque ela não se sentiu assim", desabafou Khloé. Veja um trecho no vídeo abaixo.