Capixaba

  • Item 1
  • Item 2
  • Item 3
  • Item 4
Capixaba
Polícia

Luiz Gonzaga, Juliette e Ivete são apontados como figuras que mais representam a cultura nordestina, mostra pesquisa

Dentre os 16 nomes citados, dez são do segmento musical

  • Hilza Cordeiro, Alô Alô Bahia Autor(a) Convidado(a)

Publicado em 13/11/2023 às 14:00:20
Luiz Gonzaga, Juliette e Ivete
Luiz Gonzaga, Juliette e Ivete. Crédito: Reprodução

Uma pesquisa inédita buscou entender qual a percepção do Nordeste pelos próprios habitantes da região e apontou que Luiz Gonzaga, Juliette e Ivete Sangalo são as figuras públicas que eles mais associam à representação da cultura nordestina. A análise teve a participação de 265 pessoas de todas as faixas etárias e moradoras dos nove estados nordestinos.

Na pesquisa, o Rei do Baião surge como o maior representante, listado por 20% dos respondentes, seguido de Juliette, com 10%, e Ivete Sangalo, Elba Ramalho e Alceu Valença, em seguida, empatados com 8%.

O ano de 2023 marcou a chegada da exposição itinerante “Luiz Gonzaga 110 anos”, que tem visibilidade na mídia local. A cantora Juliette aparece em segundo lugar, por estar presente na mídia nacional e redes sociais.

Dentre os 16 nomes citados, dez são do segmento musical, (tais como Ivete Sangalo, Alceu Valença e Elba Ramalho com 8% cada), três são humoristas (Tiririca, Whindersson e Renato Aragão), duas são figuras históricas (Lampião e Maria Bonita) e um é ator (Lázaro Ramos).

O estudo foi conduzido pela pesquisadora potiguar Juliana Freitas em parceria com a jornalista Thaís Ribeiro. O compilado "Meu Nordeste Todo" aponta caminhos para a criação de ações de publicidade e foi elaborado através da plataforma v-tracker, ferramenta de monitoramento de dados ou social listening.

"Costumo dizer que o dado zero também é um dado. E na posição de profissional e pesquisadora de comunicação, eu procurei e não encontrei os dados do Nordeste sobre ele mesmo. Pode até existir muito conteúdo, mas raramente sobre o que ele pensa de si mesmo. O time v-tracker concordou em expandir a pesquisa por todo o Brasil e forneceu sua ferramenta v-ask para investigar, o que foi rico e proporcionou uma base para o lançamento do estudo", declara Juliana Freitas.

O levantamento apresenta, além do perfil demográfico, percepções sobre a preservação e valorização da cultura nordestina, divulgação nos meios de comunicação, consumo de programação cultural e comentários negativos sobre a região.

"Por meio das informações coletadas, conseguimos comprovar que 'A Invenção do Nordeste' é real. Dentro da amostra de entrevistados, constatamos que nem tudo o que se fala sobre o Nordeste é verdadeiro e, como diz o historiador Durval Muniz de Albuquerque Jr., há uma construção de uma imagem da região que nem sempre corresponde à realidade. São anos de história e estereótipos. Contudo, o Nordeste atual é bem diferente", destaca a pesquisadora potiguar.

27°C
Salvador, BA - Brasil