'Partiste' volta a cartaz na Sala do Coro do TCA

Assinante Clube CORREIO paga R$ 18

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 2 de março de 2024 às 08:31

Elenco de Partiste; à direita, o dramaturgo Paulo Henrique Alcântara
Elenco de Partiste; à direita, o dramaturgo Paulo Henrique Alcântara Crédito: 1) Spike Luu/div. e 2) Guilherme Rocha/div

No interior da Bahia, uma mãe e seus três filhos vivem cotidianamente a dor da saudade de Jairo, quarto filho da matriarca que foi morar em São Paulo. Essa é a atmosfera da peça teatral Partiste, que tem direção de Icaro Bittencourt e chega para nova temporada na Sala do Coro do TCA, a partir deste sábado (2). O texto do dramaturgo baiano Paulo Henrique Alcântara será apresentado até 24 de março, às 20h, aos sábados e domingos, com ingressos a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

Quem dirige o espetáculo é o ator, encenador, professor e mestrando em artes cênicas Ícaro Bittencourt, um dos talentos da nova geração da cena teatral da Bahia (ele atua como protagonista no longa-metragem Longe do Paraíso, o mais novo filme do cineasta Orlando Senna, lançado em 2020). Ícaro assina, ainda, a direção musical, a produção e o cenário de Partiste (este último em parceria com o conceituado artista plástico Zuarte Júnior, também criador dos figurinos). Em sua concepção cênica, o diretor investe nas memórias e na prosódia de cinco personagens que representam a gente do interior baiano, através de uma encenação na qual o “amor é palavra sem poeira”.

A peça é protagonizada por uma das atrizes mais respeitadas do teatro baiano: Marcia Limma, a consagrada intérprete do solo Medeia Negra, com o qual foi indicada como melhor atriz ao Prêmio Braskem de Teatro (2018) e ao Prêmio Cenym Nacional de Teatro (2019). Marcia participou de espetáculos importantes da cena teatral contemporânea da Bahia, a exemplo de Meu Nome É Mentira (direção de Luiz Marfuz), O Castelo da Torre (Meran Vargens), O Segredo da Arca de Trancoso (Cláudio Machado) e Holocausto Brasileiro – Prontuário da razão degenerada (Diego Araúja).

Em Partiste, a experiente atriz interpreta uma senhora bordadeira, mãe que chefia a economia da casa com a venda de seus bordados e atravessa os dias vivendo as dores, os afetos e as alegrias de sua família na cidadezinha de Livramento de Nossa Senhora. Ela encabeça o elenco formado por Carol Alves, Daniele Souza, Luzia Barbosa e Ruan Passos. Para o diretor Ícaro Bittencourt, trata-se de um espetáculo sobre a vida cotidiana da gente simples dos nossos brasis. Ele dedica a sua encenação “às mais velhas e aos mais velhos que construíram um lugar físico e simbólico aconchegante no interior de nossas famílias, nos acolheram, passaram suas experiências e nos deixaram partir com ânimo, esperança e com as suas bênçãos”.

PARTISTE

Onde: Sala do Coro do TCA

Quando: Sábados e domingos, às 20h (de 2 até 24 de março)

Quanto: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) Vendas: Bilheteria do Teatro Castro Alves ou pela Sympla

Com Clube CORREIO: R$ 18