TV

Percival de Souza, do 'Cidade Alerta', deixa a Record após 21 anos na emissora

Aos 80 anos, Percival passou alguns meses afastado da televisão por motivos de saúde, após um procedimento de cateterismo no coração

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 5 de abril de 2024 às 15:21

Percival de Souza
Percival de Souza Crédito: Reprodução

O jornalista e comentarista policial Percival de Souza deixou a TV Record após 21 anos na emissora, de acordo com comunicado divulgado na quinta-feira, 4. Apesar de encerrar seu trabalho no Cidade Alerta, não significa o fim da parceria com a Rede Record: o jornalista foi convidado para continuar em projetos desenvolvidos nas plataformas digitais, como o podcast Arquivo Vivo, em que analisa crimes antigos.

"Sua atuação como comentarista de segurança no Cidade Alerta, e em outras atrações, foi inestimável para nossa história e ajudou a construir a reputação do jornalismo de verdade do canal, pautado pela credibilidade e imparcialidade", afirmou a Record no comunicado. "Desejamos muito sucesso para a sequência dessa trajetória brilhante".

Aos 80 anos, Percival passou alguns meses afastado da televisão por motivos de saúde, após um procedimento de cateterismo no coração.

Percival deu início à sua carreira no jornalismo ainda na adolescência, na Folha de S.Paulo. Ao longo de sua trajetória, ele atuou em veículos impressos, TV e rádio, como Quatro Rodas, Jornal da Tarde, Notícias Populares e Auto Esporte. Começou na Record em 2003.

Como especialista em jornalismo investigativo na área de segurança, ganhou fama no Cidade Alerta. Na edição do programa que foi ao ar na quinta-feira, 4, o apresentador Luiz Bacci agradeceu o veterano. "Espero que você colha o que você colheu nesses anos, Percival. Você foi como um pai para mim", disse ele.

Percival também é escritor de vários livros, dentre eles títulos premiados: Narcoditadura: o Caso Tim Lopes, que recebeu Menção Honrosa no Prêmio Vladimir Herzog; Autópsia do Medo, biografia do delegado Sérgio Paranhos Fleury; e Eu, Cabo Anselmo, entrevista com o maior agente duplo do regime militar no país. Ele ganhou quatro prêmios Esso de Jornalismo.

Leia o comunicado da emissora na íntegra:

"A Record vem a público expressar o mais profundo agradecimento pelos 21 anos que Percival de Souza dedicou à emissora. Sua atuação como comentarista de segurança no "Cidade Alerta", e em outras atrações, foi inestimável para nossa história e ajudou a construir a reputação do jornalismo de verdade do canal, pautado pela credibilidade e imparcialidade.

Um dos mais reconhecidos e premiados jornalistas investigativos da imprensa brasileira, sempre foi reconhecido pela ética e comprometimento com a notícia. Ao longo de duas décadas, suas análises e críticas contribuíram significativamente para a compreensão dos telespectadores em incontáveis casos, não só policiais, mas em diversos assuntos de interesse da sociedade brasileira.

Certos da importância para o jornalismo e o quanto seus conhecimentos são primordiais, Percival de Souza foi convidado para continuar a parceria analisando grandes casos através dos projetos multiplataforma onde já atua, como o blog no R7.com, o podcast Arquivo Vivo e outras possibilidades que virão.

Desejamos muito sucesso para a sequência dessa trajetória brilhante."