Customize você mesmo o seu abadá e arrase na avenida; veja passo a passo

No estilo faça você mesmo, é possível gastar, em média, R$ 25 para customizar uma peça para a folia

Publicado em 5 de fevereiro de 2016 às 09:33

- Atualizado há 10 meses

Customizar o abadá faz toda a diferença na hora de arrasar no look do Carnaval. Com menos de uma semana para a folia, tem que procure ateliês e costureiras especializadas no serviço. A estilista Adriana Regis, 41 anos, trabalha há oito anos com customização, e, nos dias que antecedem a festa, transforma a sua loja localizada na Rua Manuel Barreto, na Graça, em um ateliê carnavalesco.

"Eu comecei a fazer para as amigas, de brincadeira. Sempre gostei de enfeitar roupas e depois de muitos pedidos, consegui montar uma equipe boa pra trabalhar com isso", conta.A estilista Adriana Regis, 41 anos, trabalha há oito anos com customização(Foto: Marina Silva/CORREIO)Atualmente, a estilista é responsável por uma equipe com mais de 100 pessoas trabalhando dentro dos principais camarotes da folia. Neste ano, sua equipe vai estar no camarote Contigo by Schin, no circuito Dodô (Barra/Ondina). 

Faça você mesmoPara Adriana, dá pra sair bonita gastando pouco na hora da produção. Segundo a estilista, no estilo faça você mesmo, é possível gastar, em média, R$ 25 para customizar uma peça. "É só usar a criatividade com o que já tem em casa, ou ir no armarinho. Lá você pode comprar alguns centímetros de fita e algumas pedrarias, como chaton, e depois colar com cola quente", revela Adriana.

Uma peça customizada custa entre R$ 45 e R$ 200. Mas, fazendo em casa, sai bem mais barato. A estudante de Direito Clarissa Santana, 20, sempre personaliza as camisas de festas pagas e de camarotes no Carnaval. 

"Eu costumo tirar as mangas e a gola, diminuindo um pouco do comprimento. Se tiver muito folgada, eu faço uns furinhos nas laterais para amarrar com fitinhas do Senhor do Bonfim e ajudar a largura. Na costureira gastro de R$30 e R$50, mas eu mesma fazendo, fica no máximo uns R$10 ", conta.  

Quem quer gastar pouco ao customizar roupas vai precisar de alguns materiais. Faça a listinha: uma pistola de cola quente, bastão de cola para a pistola, pedrarias como lantejoulas e chaton, paetês, spikes, penas, franjas, flores de plástico, fitas do Senhor do Bonfim, fita de cetim, rendas, entre outros.

Quase todos estes materiais podem ser encontrados em armarinhos ou lojas especializadas em vender peças para bijuterias. Adriana avisa "quanto mais cor e brilho, melhor. Não tem essa de não poder misturar, no Carnaval vale tudo pra ficar bonita", diz. 

O que tá na modaQuem pensa que customização de abadás não dita moda, está por fora do assunto. Neste ano, três modelos prometem ser os campeões de pedidos. O crop it (acima do umbigo), o corte mullet (parte da frente mais curta que a de trás) e o modelo com franjas são as apostas de looks para 2016.

"Outra coisa que tá muito em alta é o ombro de fora, deixando o resto da manga da camisa", afirma a estilista.  Mistura de estilos também é bem vinda. Mas o que as mulheres preferem é adequar o corte e a customização com a cor do abadá. No estilo faça você mesmo, é possível gastar, em média, R$ 25 para customizar uma peça para a folia(Foto: Marina Silva/CORREIO)Para a blogueira Martinha Fonseca, 27, o legal do carnaval é que não rola essa história de “menos é mais”, e um exagero é sempre bem-vindo. “Minha dica é usar o que faz você se sentir bem, sem medo de ousar. O fundamental é mostrar personalidade, apesar da padronização", ressalta Martinha.

O diretor de Negócios da Modabadá André Vasconcelos, confirma que o corte das peças deve estar sempre seguindo as tendências do mundo fashionista. “Entre os mais requisitados estão os cortes no decote, no ombro e nas costas”, diz o diretor. Ainda de acordo com o diretor, 35% dos clientes são homens. “Eles nos procuram para reformarem seus abadás, mas geralmente são serviços mais simples se comparados às produções feitas pelas foliãs”, conta.

AcessóriosNa hora de combinar os acessórios com a customização de abadás a blogueira Martinha dá as seguintes dicas: “Se você não tiver um colar poderoso, invista na mistura de colares menores. Mix de anéis são sempre bem-vindos, assim como brincos grandes, de acrílico e bem coloridos.

Coroas de flores não têm mais o fator novidade como no carnaval passado, mas ainda são uma boa opção. Outros tipos de acessórios para a cabeça também podem ser bem vindos, principalmente os mais lúdicos. o carnaval é a hora perfeita para usá-los”, diz.

Também não saíram de moda e são uma ótima opção de acessórios são os brincos grandes muitas pulseiras e maxicolares. Se a crise apertou o bolso e você não sabe o que fazer com a camisa do bloco ou do camarote, calma... o CORREIO preparou um guia com dois looks da moda pra você fazer bonito nos circuitos. 

Passo a passo BLUSA AZUL - Corte mullet

1) Faça o desenho do corte com giz na camisa. O corte é abaulado, de forma que a parte da frente fica menor do que a de trás;

2) Dobre a camisa e junte suas mangas, depois corte a manga do tamanho que quiser. A ideia é ficar uma camiseta, mas a largura da alça é conforme o desejado;

3) Corte a gola da camisa conforme desejas. Os cortes mais comuns são em formato de V ou redondos. A seguir, aplique as pedrarias escolhidas. Adriana escolheu aplicar chaton com cola quente;

4) Look fácil e rápido de fazer. Fica pronto em 10 minutos.

[[galeria]] 

Passo a passo BLUSA ROSA - Corte Cropped  

1) Dobre a camisa e faça um corte em cima do umbigo; 2) Corte um pedaço das mangas e um pedaço do ombo (sem retirar a manga completamente); 3) Comece a aplicação do chaton colorido e das flores de plástico, contornando os cortes;4) Em poucos minutos, sua camisa fica pronta. Invista no colorido e no brilho. É Carnaval!