Para todos os gostos: espaços reúnem 14 food trucks no Circuito Dodô

Food trucks têm comidas de restaurantes famosos na cidade custando entre R$ 8 e R$ 20

Publicado em 4 de fevereiro de 2016 às 05:43

- Atualizado há 10 meses

São os caminhões que puxam os trios elétricos pelos circuitos do Carnaval de Salvador. E serão eles também que vão dar aquela força na alimentação dos foliões, especialmente no início e no final do Circuito Dodô (Barra-Ondina).  

Neste Carnaval, a Associação de Food Trucks — restaurantes montados em caminhões de pequeno porte —  está organizando duas vilas gastronômicas na festa. Uma fica bem ao lado do Farol da Barra, na Rua Airosa Galvão;  outra será instalada na Rua Nossa Senhora de Fátima, em frente ao Instituto Social da Bahia (Colégio Isba), em Ondina.(Foto: Marina Silva/Arquivo CORREIO)A vila da Barra já está funcionando desde a semana passada, enquanto a de Ondina estreia hoje. A ação, que já ocorreu na folia de 2015, é uma parceria da associação com a Saltur, empresa da prefeitura que organiza o Carnaval. As Vilas Gastronômicas funcionam todos os dias da festa, abrindo sempre às 15h.

Opções variadasVerdadeiros restaurantes itinerantes, os food trucks terão 14 unidades divididas entre o início e o fim do Circuito Dodô. Segundo a associação, todos os locais vão aceitar dinheiro ou cartão de débito e os valores dos alimentos e bebidas vão variar entre R$ 8 e R$ 20.

O churrasco e o hambúrguer da Leka Truck vão estar nas duas vilas. A da Barra conta ainda com o hambúrguer da Spacca e as massas e sanduíches do Avenida. Outros food trucks oferecem ainda salgados e comida oriental.

Em Ondina, entre as opções,  há hambúrguer no Nalarica e no Guerrilha. Há ainda crepes (Daitan), pastéis e churros (DaHora) e também comida regional e oriental. Além dos caminhões, outros 2.837 ambulantes foram licenciados para vender alimentos  em diversos pontos.