carnaval

Semob estuda ônibus gratuito para desafogar Centenário no próximo Carnaval

Secretário Fábio Mota acredita que criação de um segundo ponto de ônibus, em frente ao Hospital Santo Amaro, pode ajudar

Publicado em 8 de fevereiro de 2016 às 14:50

 - Atualizado há um ano

Após mais um ano de dificuldades na volta para casa para os foliões que tentam sair do Carnaval pela Avenida Centenário, a Secretaria Municipal da Mobilidade (Semob) estuda alternativas para serem adotadas a partir do ano que vem. Uma delas é criar um segundo ponto de ônibus na avenida ou, ainda, implantar um sistema de ônibus circular de graça que leve a população até a Estação da Lapa. 

VEJA TUDO O QUE ESTÁ ROLANDO NO CARNAVAL

De acordo com o secretário municipal da Mobilidade, Fábio Mota, o segundo ponto seria criado em frente ao Hospital Santo Amaro, a fim de dividir o fluxo de passageiros com o único ponto que funciona atualmente, na altura da entrada do Calabar. "Ou, ainda, ideia é você criar um esquema de ônibus circular sem cobrar passagem, levando todo mundo pra Estação da Lapa e a partir de lá as pessoas pagariam a passagem para o seu destino", explicou.

BAIXE O FAROL: O APLICATIVO QUE VAI TE GUIAR NO CARNAVAL

O sistema de transporte público já levou quase 7 milhões de pessoas este Carnaval até o último domingo (7). Este ano, a Semob adotou um sistema de zonas de estoque, onde ônibus ficavam estacionados próximos aos pontos para evitar filas. A ideia conseguiu resolver o problema nos pontos do Vale do Canela e da Avenida Garibaldi, mas não na Centenário.

"Tem sido um problema de muitos carnavais, mas nesse nós não conseguimos evoluir muito, porque a Centenário é uma avenida muito estreita. Nós aumentamos a quantidade de ônibus, porque tinha um pedido de demanda maior e temos um único ponto na Avenida Centenário, que é o único local com espaço, perto do Calabar. As pessoas acumulam muito naquele ponto e você tem o impacto da mobilidade como um todo em função do ponto de ônibus", disse Mota.