Bahia cai diante do River e perde invencibilidade com o time principal na temporada

Esquadrão levou gol no início e foi derrotado pela Copa do Nordeste

Publicado em 10 de fevereiro de 2024 às 18:10

River vence Bahia
Crislan comemora o gol que deu o triunfo ao River sobre o Bahia Crédito: Maria Vitória / River AC

Depois de cinco jogos de invencibilidade, o time principal do Bahia conheceu a sua primeira derrota na temporada. Na tarde deste sábado (10), o Esquadrão sofreu com o gramado do Albertão, em Teresina, e caiu por 1x0 para o River, pela segunda rodada da Copa do Nordeste.

Apesar do tricolor ter feito muita pressão no ataque durante toda a partida, os donos da casa garantiram a vitória logo aos seis minutos do primeiro tempo, em gol marcado pelo centroavante Crislan.

O Esquadrão tentou correr atrás do prejuízo e teve chances para mudar a situação, mas parou na trave, no goleiro Joanderson e na falta de efetividade dos jogadores de ataque. O resultado sacramenta o primeiro revés do clube no Nordestão.

A chance de recuperação será na quinta-feira (15), às 20h, contra o América-RN, na Fonte Nova, pela 3ª rodada do torneio regional.

GOL CEDO 

Diante do gramado ruim do estádio Albertão, o tricolor começou a partida com muita dificuldade para articular as jogadas. Para piorar, na primeira descida ao ataque, o River chegou ao gol.

Aos seis minutos, Wesley fez o que quis com o zagueiro David Duarte antes de cruzar na medida para Crislan. O centroavante subiu livre entre Kanu e Gilberto e, de cabeça, mandou para as redes.

Em desvantagem, o Esquadrão mudou a forma de jogar e apostou nos lançamentos e cruzamentos na área. Aos poucos as chances apareceram, mas os jogadores de ataque não estavam inspirados. Everton Ribeiro deu belo passe para Everaldo, o centroavante pegou de primeira, mas o goleiro Joanderson defendeu em dois tempos.

O atacante Biel também desperdiçou boas oportunidades e arrancou gritos do técnico Rogério Ceni na beira do campo. A partir da primeira metade do primeiro tempo, o duelo perdeu ainda mais em plasticidade por conta da forte chuva.

Mesmo assim, o River quase chegou ao segundo gol. Em cobrança de falta de longe, Iago mandou uma bomba e acertou o travessão de Marcos Felipe.

A resposta tricolor veio na mesma medida. No escanteio cobrado na área, David Duarte fez o movimento certinho da cabeçada, mas parou na trave e não evitou a derrota parcial na primeira etapa.

SEM REAÇÃO

Rogério Ceni aproveitou o intervalo para ajustar o time e voltou com Jean Lucas na vaga de Biel. O Esquadrão seguiu pressionando no campo ofensivo, mas o gol teimava em não sair. De fora da área, Luciano Juba quase surpreendeu o goleiro do River.

Em outra grande oportunidade, Jean Lucas recebeu o cruzamento da esquerda e, completamente livre de marcação, furou e não conseguiu anotar o empate.

Aos 18 minutos, o Bahia chegou ao gol em um voleio de Thaciano, mas o árbitro Dênis Serafim marcou falta do meia tricolor e anulou o tento. Os jogadores do clube baiano ficaram na bronca.

Enquanto o Bahia se lançou ao ataque, o River se defendeu em boa parte do segundo tempo. Os donos da casa esperavam um erro do tricolor para tentar conectar um contra-ataque.

Na melhor oportunidade, Ju Alagoano ganhou fácil de David Duarte na velocidade e bateu na saída de Marcos Felipe. O goleiro tricolor fez grande defesa. Na volta, o próprio Ju Alagoano tentou por cavadinha, mas a bola foi para fora.

A pressão do Bahia durou até a reta final, mas o River conseguiu se segurar. Um torcedor do time piauiense chegou a invadir o campo e foi contido pela polícia. Sem forças para reagir, restou ao Esquadrão lamentar a primeira derrota na temporada.