MAIS SÓLIDO

Com um gol sofrido em quatro jogos, Bahia celebra melhora da defesa: 'Amadurecimento'

Tricolor não foi vazado pelos adversários nos últimos três jogos na Fonte Nova

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 14 de maio de 2024 às 15:41

Gabriel Xavier
Gabriel Xavier ganhou a vaga de titular durante o Brasileiro vem sendo um dos destaques do Esquadrão Crédito: Letícia Martins/EC Bahia

Setor de maior preocupação do Bahia em boa parte da temporada, o sistema defensivo tem dado sinais de melhora. Nos últimos quatro jogos, o Esquadrão sofreu apenas um gol, o que reforça a boa fase da equipe no Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

O ajuste na defesa veio após um início ruim no Brasileirão, com cinco gols em três jogos contra Internacional, Fluminense e Vitória, respectivamente. Depois disso, o time se mostrou mais seguro e passou ileso contra Grêmio, Criciúma [pela Copa do Brasil] e Red Bull Bragantino. O único tento sofrido foi no triunfo por 2x1 sobre o Botafogo, no Rio de Janeiro.

Artilheiro do Bahia na temporada, com nove gols, Thaciano destaca que a equipe conseguiu atingir a maturidade. Ele lembra que o papel de evitar os gols não é exclusivo dos jogadores de defesa e afirma que a marcação precisa começar ainda no ataque.

"O time vem amadurecendo, a gente vem evoluindo jogo a jogo. No Campeonato Brasileiro não tem jogo fácil, é continuar focado nos treinamentos para que no jogo a gente possa colocar em prática da melhor forma", disse ele.

Além de mais tempo de preparação entre os jogos, a mudança na postura defensiva do Bahia passa pela entrada de Gabriel Xavier no time. O prata da casa ganhou a posição de titular a partir da segunda rodada da Série A e tem feito bons jogos.

Contra o Red Bull Bragantino, Gabriel foi o líder em ações defensivas, desarmes, rebatidas, interceptações, duelos aéreos ganhos. Foi o zagueiro, aliás, quem roubou a bola que resultou no gol tricolor.

“A gente se cobra muito, sempre olha vídeos individuais, analisamos os adversários, analisamos nossos erros individuais. Graças a Deus estamos conseguindo ser mais efetivos nas nossas ações defensivas, tomando menos finalizações, menos chances criadas pelo adversário, e consequentemente tomando menos gols. Isso é importante para a defesa”, avaliou o jogador.

Na análise do zagueiro, a parceria com o lateral Santiago Arias, pelo lado direito, tem sido fundamental para potencializar o seu futebol e deixar o Bahia mais sólido. O colombiano é um dos destaques do Esquadrão.

''Eu acho que tá dando muito certo [a parceria com Arias] e espero que continue. Ele é um cara incrível, se for puxar a história dele, os jogos e competições que ele já jogou...É um ser humano incrível e um jogador incrível. Ele nos estimula e nos ajuda bastante. Agora que eu venho começando mais as partidas, é ele que me orienta e me estimula e isso me ajuda muito. É certeza de que se talvez alguma jogada não der certo ele estará na cobertura ou se alguém ganhar dele eu também vou estar cobrindo ele. É essa parceria que vai fazer a gente sofrer cada vez menos gols'', completou Gabriel.

Por falar em parceria, nas últimas partidas o Bahia ganhou uma nova dupla de zaga. Titular do tricolor desde o ano passado, Kanu havia perdido a vaga justamente para Gabriel, mas aproveitou a lesão do argentino Víctor Cuesta para voltar ao time. O Esquadrão está invicto com a dupla formada por Gabriel e Kanu. Foram quatro triunfos em quatro jogos.

Entre os clubes que disputaram todas as seis rodadas da Série A, o Bahia tem o quinto melhor sistema defensivo, com seis gols sofridos. Atual vice-líder da Série A, o tricolor mira agora um novo desafio. No próximo domingo, encara o Atlético-MG, às 16h, na MRV Arena, pela 7ª rodada.