Cuesta celebra regularidade mas cobra atenção da defesa do Bahia: ‘Devemos melhorar’

Zagueiro tem sido um dos destaques do Esquadrão na temporada

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 22 de março de 2024 às 14:52

Victor Cuesta
Victor Cuesta fez jogo seguro no clássico contra o Vitória, na Fonte Nova Crédito: Tiago Caldas /EC Bahia

Contratado para ser uma espécie de “xerife” da defesa do Bahia, o zagueiro Victor Cuesta começou bem a sua trajetória no Esquadrão. Em pouco tempo, o argentino se firmou entre os titulares do técnico Rogério Ceni e vem colhendo os frutos de atuações seguras. Entrevistado nesta sexta-feira (22), no CT Evaristo de Macedo, o defensor comemorou a boa fase.

“Eu sempre trabalho da melhor maneira para desempenhar o meu trabalho em campo, fazer o que o professor Rogério [Ceni] quer. Às vezes as coisas acontecem, outras não. Mas trabalho sempre para dar o meu melhor”, iniciou ele.

Na última quarta-feira (20), Cuesta estreou em clássicos contra o Vitória e teve atuação segura diante do maior rival, mas o Bahia voltou a sofrer gol logo no início do jogo e precisou correr atrás do resultado. Para o zagueiro, esse é um problema que o time precisa corrigir.

“Acho que devemos melhorar nesse quesito, mas também tem o lado positivo, que é que o nosso time nunca desiste, vai atrás do resultado positivo, e temos conseguido virar as partidas. Mas obviamente que devemos corrigir isso. Contra o Caxias o resultado complicou e poderia ser pior. Conseguimos vencer nos pênaltis, mas precisamos corrigir para que a nossa equipe tenha mais tranquilidade durante as partidas”, analisou.

Garantido na segunda fase da Copa do Nordeste com duas rodadas de antecedência, o Bahia mira o confronto com o Maranhão, neste domingo (16h), na Fonte Nova. A tendência é a de que Rogério Ceni poupe alguns atletas por conta da rotina de jogos que a equipe vem enfrentando desde o início da temporada.

Questionado se esse é o momento para colocar um time alternativo em campo, Cuesta deixou a responsabilidade para o treinador e garantiu que quem for escolhido dará o melhor para o Bahia vencer o duelo.

‘Nós atletas nos preparamos para sempre disputar as partidas em alto nível, estamos treinando forte, mas a escolha é do treinador. Acho que Rogério está fazendo bem esse trabalho, misturando o time, e todo mundo vem dando conta do recado”, finalizou.