Jornais da Venezuela colocam fase do Brasil como chance de fazer história

Seleção Vinotinto nunca venceu a brasileira em eliminatórias e querem aproveitar a pressão do time de Dunga

Publicado em 13 de outubro de 2015 às 12:35

- Atualizado há um ano

A má fase do Brasil chegou até os jornais da Venezuela, adversário desta terça-feira (13), às 22h, no estádio do Castelão, em Fortaleza, pela segunda rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, que será na Rússia. De acordo com o jornal 'El Universal', o duelo de hoje será o mais equilibrado da história entre as duas equipes. Os dois times vêm de derrotas na estreia da competição.Para o 'Meridiano', Venezuela terá a chance de fazer história contra o Brasil (Foto: Reprodução/Twitter)Já o 'Diário La Hora', afirma que os venezuelanos vão tentar surpreender o time de Dunga. Já o 'Meridiano' coloca a partida como a oportunidade de fazer história, já que a Venezuela nunca venceu o Brasil pelas eliminatórias. Dunga ainda não divulgou o time que entra em campo, mas a equipe deve ter mudanças em relação ao que foi derrotado para o Chile por 2 a 0, em Santiago. A principal alteração deve ser a entrada de Lucas Lima na vaga de Oscar. Apesar da fase brasileira, o Brasil é amplo favorito para vencer o duelo, mas o discurso dos jogadores é de que o time não terá vida fácil. As duas equipes se enfrentaram na fase grupos da Copa América deste ano, no Chile. Na ocasião, o time de Dunga venceu a partida por 2 a 1, mas terminou o duelo com quatro zagueiros em campo e o lateral Daniel Alves como atacante.