LIBERADO PELA CONMEBOL

Libertadores terá estádio com altitude de 4 mil metros onde árbitro morreu

Casa do Always Ready é o segundo estádio mais alto do mundo

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 2 de fevereiro de 2024 às 18:47

estádio bolívia
estádio bolívia Crédito: Divulgação/Always Ready

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) autorizou que jogos da Libertadores 2024 aconteçam no Estádio Villa Ingenio, em El Alto, na Bolívia. A casa do Always Ready é o segundo estádio mais alto do mundo, com 4 mil metros acima do nível do mar. A autorização vem depois de reformas estruturais e uma campanha do clube para a liberação.

O veto anteriormente da Conmebol nada tinha a ver com a altitude. Eram exigidas melhoras na iluminação, estacionamento, vestiários e arredores do estádio. Outra exigência da entidade sul-americana foi a troca da grama sintética por gramado natural Quando neva na região, é comum que o verde do campo fique em condições ruins.

As reformas foram efetivas a tempo da edição da Libertadores deste ano. A Conmebol vistoriou o Villa Ingenio nesta semana e confirmou a liberação. O Always Ready, junto das melhorias, lançou a campanha "La Copa se juega EN CASA" (A Copa se joga EM CASA), para valorizar seu estádio e a decisão da Conmebol. A obra original começou em 2013, com inauguração do estádio para 25 mil torcedores em 2017. Também chamado por Estádio Municipal de El Alto, o local pertence ao município.

Em 2019, o árbitro Víctor Hugo Hurtado, então com 32 anos, morreu após sofrer um mau súbito durante a partida entre Always Ready x Oriente Petrolero, disputada no estádio. Ele foi levado para um hospital local, mas a tentativa de reanimação não surtiu efeito. Na época, as autoridades boivianas disseram que a morte não tinha relação com a altitude.

O Always Ready tem jogado a Libertadores de modo mais recorrente desde 2021. Entretanto, os jogos eram sediados no estádio Hernando Siles, em La Paz, a 3.637 metros de altitude. Foi lá que o time bateu Internacional, em 2021, e Corinthians, em 2022, ambos os jogos por 2 a 0.

O Always Ready jogaria no Villa Ingenio contra o The Strongest na próxima terça-feira para apresentar o estádio reformado aos torcedores. Entretanto, a Conmebol solicitou que a partida fosse suspensa para garantir que o campo tenha a melhor condição na estreia do clube pela Libertadores. Assim, o Always Ready vai estrear o "novo" estádio no próximo dia 20, contra o Sporting Cristal, do Peru, pela segunda fase prévia do torneio. Caso avance, o clube enfrenta Puerto Cabello (Venezuela) ou Defensor (Uruguai) por uma vaga na fase de grupos.

Quais as consequências para um atleta de jogar na altitude?

São Paulo fica a 760 metros acima do nível do mar. São 3.240 metros de diferença para El Alto. Conforme explicação da Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), as moléculas de oxigênio ficam menos disponíveis ao organismo humano em grandes altitudes, já que a pressão atmosférica diminui quanto mais alto o ponto da Terra.

A SPDM aponta que os sintomas pioram conforme a altitude aumenta É comum sentir dor de cabeça, falta de ar e aceleração dos batimentos cardíacos. O recomendado é progredir a altitude aos poucos. É por isso que jogadores que não estão acostumados cansam mais rapidamente e sentem falta de folêgo. A diferença de pressão também faz com que a bola possa ter movimentos e curvas diferentes dos habituais aos times que jogam em alturas mais baixas.

Os clubes brasileiros já optaram por estratégias diferentes para jogar na altitude. Alguns deles preferem chegar ao local da partida em cima da hora para que os jogadores não sintam as consequências do ar rarefeito. Alguns levam tubos de oxigênio para os vestiários. Outros times optaram em se instalar com antecedência na cidade com altitude para que seus atletas se acostumem gradativamente com o "pouco ar" na região. A Fifa já ameaçou impedir jogos em certas altitudes, mas depois desistiu da iniciativa.