Tati Weston-Webb é vice no Isa Games e abre mais uma vaga olímpica para o Brasil no surfe

Dessa maneira, o Brasil garante as duas vagas extras possíveis e terá seis atletas competindo na próxima edição da Olimpíada

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 3 de março de 2024 às 19:59

Luana Silva acabou assegurando um lugar nos Jogos Olímpicos de Paris no surfe
Luana Silva acabou assegurando um lugar nos Jogos Olímpicos de Paris no surfe Crédito: ISA / Jersson Barboza

O Brasil conseguiu mais uma vaga nos Jogos Olímpicos de Paris no surfe. Luana Silva acabou assegurando um lugar na delegação brasileira graças ao desempenho de Tatiana Weston-Webb no Isa Games.

Neste domingo, em Porto Rico, ela faturou o vice-campeonato da etapa e abriu uma vaga extra para o Brasil. Como já estava classificada para os Jogos, quem acabou sendo beneficiada foi Luana Silva.

Na etapa Tatiana só ficou atrás da campeã australiana Sally Fitzgibbons. Assim, Tatiana e Luana se juntam a Tainá Henckel.

Dessa maneira, o Brasil garante as duas vagas extras possíveis e terá seis atletas competindo na próxima edição da Olimpíada. Essa vai ser a maior delegação possível do Brasil.

A ala masculina que vai representar o surfe nacional tem nomes de peso para brigar pela medalha. Filipe Toledo e João Chianca foram os primeiros a confirmar presença. O último a entrar na lista foi Gabriel Medina, que garantiu sua participação neste domingo.