Veja quanto o Bahia receberá após se livrar do rebaixamento à Série B

Tricolor terminou a competição na 16ª colocação

Publicado em 7 de dezembro de 2023 às 09:03

Bahia permanece na Série A
Bahia permanece na Série A Crédito: Bahia permanece na Série A

O fim do Campeonato Brasileiro de 2023 teve clima de alívio para o Bahia. A goleada por 4x1 sobre o Atlético-MG, combinada com a derrota do Santos para o Fortaleza, livrou o Esquadrão da queda para a Série B, na última rodada da competição.

Bahia permanece na Série A
Bahia permanece na Série A Crédito: Bahia permanece na Série A

O Esquadrão terminou o Brasileiro na 16ª colocação, com 44 pontos, um a mais do que o Santos, primeiro dentro do Z4. Além da permanência na primeira divisão, a colocação garante ao clube baiano R$ 16,2 milhões.

Thaciano comemora um dos gols na goleada do Bahia sobre o Atlético-MG
Thaciano comemora um dos gols na goleada do Bahia sobre o Atlético-MG Crédito: Felipe Oliveira

O valor é referente ao contrato de televisão do Brasileirão. Além da cota fixa que cada equipe recebe, uma parte, que equivale a quase R$ 500 mil, é dividida entre os 16 clubes que permanecem na elite.

O montante varia de acordo com a colocação de cada agremiação. Campeão, o Palmeiras faturou R$ 47,8 milhões. O Grêmio, segundo colocado, fica com R$ 45,4 milhões. Apenas os quatro clubes rebaixados não recebem cotas.

Veja o valor que cada clube receberá

1º Palmeiras - R$ 47,8 milhões

2º Grêmio - R$ 45,4 milhões

3º Atlético-MG - R$ 43 milhões

4º Flamengo - R$ 40,6 milhões

5º Botafogo - R$ 38,2 milhões

6º Red Bull Bragantino - R$ 35,8 milhões

7º Fluminense - R$ 33,4 milhões

8º Athletico-PR - R$ 31 milhões

9º Internacional - R$ 28,6 milhões

10º Fortaleza - R$ 26,3 milhões

11º São Paulo - R$ 20,5 milhões

12º Cuiabá - R$ 19,1 milhões

13º Corinthians - R$ 17,6 milhões

14º Cruzeiro - R$ 17,2 milhões

15º Vasco - R$ 16,7 milhões

16º Bahia - R$ 16,2 milhões