E.C. VITÓRIA

Vitória busca reabilitação no Brasileiro em reencontro com o Bahia no Barradão

Clássico válido pela 3ª rodada da Série A acontece no domingo (21), às 16h

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 15 de abril de 2024 às 14:18

Técnico do Vitória, Léo Condé venceu dois dos quatro Ba-Vis disputados em 2024
Técnico do Vitória, Léo Condé venceu dois dos quatro Ba-Vis disputados em 2024 Crédito: VICTOR FERREIRA / ECV

A estreia do Vitória no Brasileirão não foi como o clube gostaria, mas uma das vantagens de disputar um campeonato longo e por pontos corridos é que o jogo seguinte se apresenta sempre como uma oportunidade de reabilitação. A derrota para o atual campeão Palmeiras ficou para trás e o Leão mira agora o Bahia. O clássico válido pela 3ª rodada será disputado no domingo (21), às 16h, no Barradão.

O segundo adversário do Vitória no campeonato deveria ser o Cuiabá, na Arena Pantanal, mas a equipe mato-grossense vai entrar em campo pela Copa Verde, na quarta-feira (17), contra o Vila Nova, em Goiânia. O compromisso regional fez com que a CBF adiasse o confronto da Série A com o rubro-negro que ocorreria durante a semana e, com isso, o técnico Léo Condé ganhou mais tempo para preparar o time para o clássico.

“A gente sempre comemora semana aberta para trabalhar, sempre tem correções para serem feitas, ajustes, tem atletas chegando. Oportunidade para aproveitar e fazer ajustes. A gente fica com um jogo atrás. Vamos nos preparar para mais um grande jogo, como foram os quatro clássicos até aqui”, afirmou o treinador rubro-negro, logo após a derrota por 1x0 para o Palmeiras, no Barradão.

No retrospecto recente no Barradão, melhor para o Vitória. O Leão venceu os dois clássicos disputados como mandante na atual temporada, ambos pelo placar de 3x2 e no Campeonato Baiano.

O primeiro, na fase classificatória, além de três pontos, deu moral ao clube. Osvaldo abriu o placar, mas viu Thaciano e Everton Ribeiro virarem o jogo. O próprio Osvaldo igualou o marcador e Alerrandro decretou a vitória rubro-negra no Barradão.

O segundo fez o rubro-negro reverter a vantagem nas finais do estadual. O Bahia chegou a abrir 2x0, com gols de Thaciano e Cauly, mas dois jogadores deixaram o banco de reservas para construir a virada por 3x2. Matheus Gonçalves marcou duas vezes e Iury Castilho deu números finais ao jogo.

O empate em 1x1 no Ba-Vi seguinte, na Fonte Nova, foi o suficiente para erguer a taça. O zagueiro Wagner Leonardo não apenas salvou um gol rival em cima da linha como balançou a rede. Everton Ribeiro anotou para o tricolor.

A única derrota para o Bahia em 2024 foi na Copa do Nordeste, por 2x1, em que Matheus Gonçalves foi expulso aos 20 minutos do 2º tempo. Alerrandro abriu o placar com um golaço. Kanu e Jean Lucas viraram e garantiram o único triunfo tricolor.

Um dos destaques contra o Bahia, o volante Dudu é dúvida para o próximo clássico. Ele machucou o joelho direito durante o jogo contra o Palmeiras e passará por exames nesta segunda-feira (15).

O lateral esquerdo Patric Calmon, que não disputou a primeira rodada por causa de um desconforto na coxa, pode reaparecer no clássico. “PK foi só um edema, deve ter possibilidade de jogar o próximo jogo”, sinalizou Condé.