Wanderson Oliveira vai às oitavas no Pré-Olímpico de boxe; Yuri Falcão é eliminado

Chegar à semifinal é o suficiente para Shuga obter a vaga em Paris-2024

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 7 de março de 2024 às 19:26

Wanderson Oliveira se garantiu nas oitavas do Pré-Olímpico de boxe
Wanderson Oliveira se garantiu nas oitavas do Pré-Olímpico de boxe Crédito: Time Brasil/Divulgação

O boxe brasileiro viveu um dia distinto nos ringues de Busto Arsizio, na Itália, pelo Pré-Olímpico. Enquanto Wanderson 'Shuga' Oliveira celebrou mais uma grande vitória e se garantiu nas oitavas de final, Yuri Falcão perdeu e está eliminado.

Wanderson entrou no ringue pela categoria até 71kg com um enorme desafio pela frente: medir forças com o irlandês Aidan Walsh, medalha de bronze na Olimpíada de Tóquio e que prometia dificultar a vida do brasileiro.

Mas Shuga mostrou que está disposto a defender o Brasil nos Jogos Olímpicos de Paris-2024 e dominou todo o combate, vencendo por decisão unânime: 5 a 0. Com iniciativa do combate, o brasileiro aplicou bons golpes no rival e jamais se viu ameaçado na luta.

Com o triunfo, ele dá mais um passo para Paris-2024. Chegar à semifinal do Pré-Olímpico é o suficiente para obter a vaga - são quatro por modalidade - e agora ele terá novo europeu pela frente. No domingo, encara o checo Milos Bartl, que avançou com nocaute nesta quinta-feira.

A euforia de Vanderson após nova luta segura contrastou com a tristeza de Yuri Falcão, na categoria até 63,5 quilos, que busca seguir os passos dos irmãos Esquiva e Yamaguchi, campeões olímpicos, mas acabou adiando o sonho da vaga após perder do jordaniano Obada Al-Kasbesh. O jovem pugilista de 21 anos perdeu seu combate por 5 a 0 e terá uma segunda chance no Pré-Olímpico Mundial, em maio, na Tailândia.

Nesta sexta-feira é a vez de Luiz Oliveira, o Bolinha, buscar vaga nas oitavas de final. O neto de Servílio de Oliveira faz sua segunda luta no Pré-Olímpico da Itália diante do israelense Vladislav Voroshilov.