Com brasileiro na concorrência, categoria de Melhor Animação tem filmes para todas as idades

Linha Fina Lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipisicing elit. Dolorum ipsa voluptatum enim voluptatem dignissimos.

Publicado em 24 de fevereiro de 2016 às 17:12

- Atualizado há 10 meses

ANOMALISA (CHARLIE KAUFMAN, DUKE JOHNSON E ROSA TRAN)

Assinado por Charlie Kaufman, roteirista de Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças, em parceria com Duke Johnson e Rosa Tran, a "animação para adultos" em stop motion Anomalisa conta a história de um homem com um estranho distúrbio psicológico, a Síndrome de Fregoli. 

Veja trailer(Foto: Divulgação)Marido, pai e respeitado autor de um livro de autoajuda, ele é um homem incomodado com a rotina da sua vida. Ao seu redor, todos se parecem e soam iguais - por isso, todos os personagens, homens ou mulheres, são dublados pelo mesmo ator. 

Um dia, ele se surpreende ao descobrir uma possível escapada de seu desespero: uma despretensiosa atendente de telemarketing, que pode - ou não - ser o amor de sua vida.

O MENINO E O MUNDO (ALÊ ABREU)

Representante brasileiro no Oscar 2016, O Menino e o Mundo levou o país a concorrer pela primeira vez na categoria Melhor Animação da maior premiação do cinema. Com traços simples, semelhantes aos bonecos palito feitos pelas crianças, o personagem central da trama, identificado apenas como o Menino, descobre um mundo fantástico ao deixar sua aldeia em busca do pai. 

A história começa com a família unida no campo, mas após o pai embarcar em um trem – talvez em busca de melhores condições de vida –, o Menino pega carona na carrocinha de um catador de lixo e vai viver suas aventuras pelo desconhecido.

Usando a fantasia e a inocência, o filme aborda os problemas que afetam a Terra hoje, como a globalização, a crise econômica e a perda de valores.

Veja trailer(Foto: Divulgação)

DIVERTIDA MENTE (PETE DOCTER E JONAS RIVERA)

Animação da Disney-Pixar, Divertida Mente evoca os melhores filmes do estúdio e tem direção do mesmo criador de Monstros S.A. O filme conta a história da menina Riley, 11 anos, obrigada a deixar uma vida tranquila e feliz no estado do Minnesota, no meio-oeste americano, para morar em San Francisco, na Califórnia.

Veja trailer(Foto: Divulgação)As personagens representam emoções humanas como a alegria, a raiva o medo ou a tristeza e ajudam Riley a enfrentar o novo dia-a-dia. Na verdade, a história acompanha o que acontece na cabeça de uma menina. Como funcionam os mecanismos de tristeza e alegria, como se criam os laços familiares, o que estimula a fraternidade?

Pete Docter, que nasceu no Minnesota e dirigiu também o megassucesso Monstros S.A. (2001) e Up - Altas Aventuras (2009), declarou que encontrou inspiração na própria filha para realizar o longa-metragem.

(texto de Hagamenon Brito)

SHAUN: O CARNEIRO (MARK BURTON E RICHARD STARZAK)

Você já viu A Fuga das Galinhas (2000), Piratas Pirados (2012) ou a série Wallace e Gromit? Então, sabe o que esperar da animação Shaun, O Carneiro, produzida pelo mesmo estúdio, o britânico Aardman, um dos poucos ainda a fazer stop motion para a telona. 

Personagem de uma série televisiva, o carneiro Shaun ganhou uma nova dimensão no cinema, com o longa de Mark Burton e Richard Starzak, vencedor do júri popular no último Anima Mundi. A trama leva o público para um universo um pouco diferente da bucólica fazenda onde Shaun vive. 

Veja trailer(Foto: Divulgação)Cansados da rotina rural, os carneirinhos fazem mil e umas para escapar e conhecer a cidade. Acontece que um inesperado acidente faz com que seja o fazendeiro (e não eles) a migrar para a cidade. Com a casa transformada num caos, cabe a Shaun resgatar a ordem e o fazendeiro.

A viagem, que era para ser de puro turismo, virou uma grande caçada ao desmemoriado proprietário. Um filme para a garotada se divertir, mas também para os pais, que vão encontrar piadas sobre redes sociais e várias referências de cultura pop.  

AS MEMÓRIAS DE MARNIE (HIROMASA YONEBAYASHI E YOSHIAKI NISHIMURA)Filme do tradicional estúdio Ghibli, do Japão, fundado por Hayao Miyazaki, do aclamado filme A viagem de Chihiro. O longa conta a história é a de Anna, de 12 anos, que é filha de filha adotiva e está sempre solitária e infeliz. Até que um dia ela acha, numa ilha isolada, uma mansão, onde vive Marnie. A garota, então, vira a única amiga de Anna. Mas Marnie não é bem quem parecia ser.

Veja trailer(Foto: Divulgação)