Campeão brasileiro de boxe reabre Centro de Treinamento em Salvador

Localizado em Cosme de Farias, espaço atenderá 50 crianças de segunda a sexta

  • Foto do(a) author(a) Gilberto Barbosa
  • Gilberto Barbosa

Publicado em 5 de março de 2024 às 22:36

Campeão brasileiro de boxe reabre Centro de Treinamento em Salvador
null Crédito: Paula Fróes/CORREIO

Jab, direto, cruzado e gancho. Essas palavras fazem parte do dia a dia de lutadores que buscam mudar suas vidas através do boxe. Um deles é o baiano Elber Passos. Entre títulos estaduais e nacionais, o agora treinador passa as lições que aprendeu no esporte para alunos do seu Centro de Treinamento (CT), que foi reinaugurado na tarde de ontem, em Salvador.

Nascido e criado no bairro de Cosme de Farias, em Salvador, Elber criou a academia em 2005, para devolver para a sua comunidade parte do que ele conquistou no esporte. Inicialmente o local foi pensado para atender crianças entre 9 e 18 anos, mas devido a demanda, ele passou a atender adultos.

“Eu estou muito feliz em ver como ficou o espaço. Eu vim do projeto social ‘Os Campeões da Vida’, do professor Luiz Dórea. Quando eu parei de lutar, eu consegui esse espaço e pensei em continuar esse legado. É muito importante ter um projeto como esse para ajudar as crianças e não deixar elas seguirem por caminhos errados”, afirmou.

Elber Passos
Elber Passos Crédito: Paula Fróes/CORREIO

Enquanto a academia estava fechada por quatro meses para a reforma, ele manteve as aulas na Avenida Bonocô. Cerca de 50 alunos são atendidos gratuitamente de segunda a sexta, a partir das 9h, além de turmas pagantes na segunda, quarta e na sexta. Elber contou que o valor ajuda a manter o CT e a custear as viagens para os campeonatos.

O local revelou diversos boxeadores com destaque na modalidade. Entre eles está a onze vezes campeã baiana Renata Gouveia. Ela lembrou que entrou no boxe por uma indicação do seu psicólogo, para superar um relacionamento abusivo.

Renata Gouveia boxeadora
Renata Gouveia  Crédito: Paula Fróes/CORREIO

“Eu fiz a minha primeira luta com apenas quatro meses de treino. Isso aqui é um sonho para todo mundo. O professor já pensou em desistir algumas vezes e a gente sempre apoiou para que ele não deixasse o projeto”, revelou.

Renata também foi quatro vezes finalista do Campeonato Brasileiro. Ela está se preparando para buscar seu primeiro título nacional. “Agora que a gente voltou para o CT e o treino vai ser mais intenso,nesse ano vou trazer a medalha”, prometeu.

O comerciante Ivan Reis, 36 anos, treina boxe há dez anos. Ele começou no esporte para lidar com a obesidade. “Eu estava parado e comecei a ver algumas pessoas indo treinar. O boxe me ajudou muito com a obesidade e principalmente com a ansiedade”, disse.

Além da saúde, ele ganhou algo mais. Ivan conheceu a noiva Fabiana, 34, durante os treinos no CT. No começo, eles eram parceiros de treino, mas com o tempo a relação evoluiu para algo mais sério. O casal está junto há seis anos.

O evento contou com a presença de lutadores e de pessoas da comunidade. Entre eles, estavam os campeões olímpicos Robson Conceição e Hebert Conceição.

“É motivo de orgulho ter um amigo reinaugurando a sua academia e dando espaço a muitas crianças e jovens que infelizmente não tem uma oportunidade como essa. Eu tenho certeza de que sairão muitos campeões dessa academia, tanto no esporte como na vida”, falou Robson.

Já Hebert lembrou da importância de Elber para o esporte. “Ele foi uma referência para mim quando comecei. Ele já tinha muitos anos de boxe, tinha muitas conquistas e me inspirou a chegar nesse patamar. Eu fico feliz em ver que ele está tendo uma continuidade no esporte e está retribuindo tudo aquilo que fizeram por ele na infância”.

A obra contou com ajuda de custo do influenciador Victor Igoh. Elber contou que a aproximação começou através de Victor, que cresceu no bairro. Ele também doou material e vai apoiar atletas a competirem em nível nacional e estadual.

“Eu me apaixonei por esse projeto à primeira vista. Quando eu conheci a história de Elber, senti que precisava potencializar esse trabalho espetacular que é realizado com tanta gente” explicou Victor.

“Eu tenho certeza de que essa academia vai influenciar no rendimento dos alunos. Eles vão ver essa estrutura e vão treinar com mais vontade e entusiasmo para galgarem voos maiores. O que eu espero deles é que se formem bons cidadãos, pessoas do bem. Na família, em casa, com os pais, isso é o mais importante para mim”, completou Elber.

*Com orientação da subeditora Fernanda Varela.