APÓS ASSASSINATO

Entorno da Uneb no Cabula terá patrulhamento a pé e com viaturas, além de câmeras de segurança

Universidade suspendeu aulas por três dias; homem foi morto na região

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 5 de abril de 2024 às 17:25

Reunião entre representantes da SSP e Uneb
Reunião entre representantes da SSP e Uneb Crédito: Jorge Cordeiro

Após um homem ser assassinado a tiros na quinta-feira (4) no ponto de ônibus que fica em frente à Universidade do Estado da Bahia (Uneb), na Rua Silveira Martins, no Cabula, o entorno da instituição ganhará medidas de reforço na segurança. Algumas delas são o patrulhamento a pé e com viaturas, colocação de câmeras de segurança e drones para serem utilizados de forma preventiva.

A decisão aconteceu após reunião entre o secretário da Segurança Pública, Marcelo Werner, e a reitora da Universidade Estadual da Bahia (Uneb), Adriana Marmori, na tarde desta sexta-feira (5). Eles alinharam ações integradas para segurança na região. no Centro de Operações e Inteligência (COI) da Secretaria de Segurança Pública (SSP), onde a Uneb buscou esclarecimento sobre os episódios ocorrido nos últimos dias que repercutiu na comunidade acadêmica. 

A reitora sinalizou ainda a criação de um comitê institucional, com participação dos segmentos da comunidade acadêmica e de representantes de bairros para debater sobre segurança pública e elaborar "um plano que garanta a tranquilidade de todos na realização das atividades acadêmicas, inclusive potencializando as ações de extensão universitária com as comunidades".

Sobre o crime

Um homem foi morto a tiros perto da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), na Rua Silveira Martins, no bairro do Cabula. O crime ocorreu na tarde de quinta-feira (4), e a vítima ainda não foi identificada.

Segundo a Polícia Militar, uma equipe da 23ª Companhia Independente foi acionada após denúncias de que havia um homem caído na rua, atingido por vários tiros. Ao chegarem no local, os PMs constataram o fato, isolaram o local e acionaram o Departamento de Polícia Técnica para a remoção do corpo e realização da perícia.

A Universidade do Estado da Bahia (Uneb) suspendeu as aulas pelos próximos três dias. Segundo a Reitoria da instituição, haverá "suspensão das atividades acadêmicas e administrativas presenciais na unidade nesta quinta-feira (4), na sexta-feira (5) e no sábado (6) por conta do "episódio de violência que resultou em homicídio, ocorrido na área externa da universidade. Primando pela segurança da comunidade acadêmica, até que se compreenda os fatos e o risco iminente, as atividades deverão ocorrer por mediação tecnológica nas próximas 48 horas".

Estudantes relatam que ficaram assustados com os barulhos dos mais de 40 disparos em direçã à cabeça da vítima. "Eu estava no banheiro e achei que alguém tinha invadido a universidade. O pessoal se trancou nas cabines com medo de acontecer alguma coisa", contou uma estudante, que preferiu não se identificar.

"Equipes das Polícias Militar, Civil e Técnica trabalham de forma conjunta para localizar os autores do homicídio que aconteceu próximo a universidade. Todos os recursos estão sendo empregados", garantiu o secretário Werner.