EDUCAÇÃO

Fátima Freire finaliza Jornada Pedagógica da Rede Pública de Camaçari

A filha de Paulo Freire compartilhou conhecimentos sobre o ato de educar e a relação com alunos

  • Y
  • Yasmin Oliveira

Publicado em 23 de fevereiro de 2024 às 20:51

Fátima Freire encerrou a Jornada Pedagógica da Rede Municipal de Camaçari
Fátima Freire encerrou a Jornada Pedagógica da Rede Municipal de Camaçari Crédito: Reprodução

Para finalizar a Jornada Pedagógica da Rede Pública Municipal de Camaçari, a professora Fátima Freire, membro do Conselho Diretivo do Instituto Paulo Freire e autora dos livros "Quem educa marca o corpo do outro" e "Uma vida marcada pela educação", realizou uma palestra nessa sexta-feira (23) sobre o ato de educar em sua essência e a relação entre professores e alunos.

Para a filha de Paulo Freire, o instrumento metodológico mais poderoso que o professor possui é a própria fala. “Já pararam para pensar no nível de imprevisibilidade que nós temos em sala de aula? É muito grande, é muito intenso e o nosso corpo não está preparado para isso, talvez seja por isso que a gente se desgasta tanto. Não existe boniteza maior do que você não ter medo de perder o seu lugar de poder, de dona do saber e estar aberta para aprender”, disse ela.

A professora de 74 anos conduziu o público a fazer uma autoavaliação para que os professores possam se reencontrar na sala de aula. Ela também brinca sobre a figura do professor não ser mais autoritário como nos tempos antigos, podendo acrescentar dinamismo na sala de aula para manter o estudante engajado, considerando as pluralidades e singularidades de cada um. A utilização da fala para poder se conectar com aqueles que o educador busca ensinar é essencial.

“Para quem escolheu e decidiu ser professor e educador ou professora e educadora, devoção é fundamental”, expressou Fátima.

O evento teve início na quinta-feira (22) e finalizou nessa sexta-feira (23), no auditório do Hotel Vila Galé, em Guarajuba, e contou com a presença de professores, coordenadores pedagógicos, gestores escolares e profissionais não docentes da rede municipal de Camaçari. O objetivo da jornada foi acolher e apoiar o planejamento pedagógico do ano letivo em curso.

Entre os temas abordados estavam: educação antirracista e equidade, linguagens e multiletramentos nos Anos Finais do Ensino Fundamental, letramento matemático nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos.

Renomados educadores, escritores e personalidades também estiveram presentes, como: Natanael dos Santos (historiador, professor da Unicampi, escritor de livros didáticos e paradidáticos e diretor da Griô Educacional) e Aldri Nascimento (Prêmio Jabuti de Literatura pelo livro “Namíbia Não!”, ator, dramaturgo, roteirista, apresentador de TV), entre outros.

*Com orientação da subeditora Monique Lôbo