Jovem executado era cantor de trap e chegou a fazer show no Pelourinho

Wesley Lefundes Santos era conhecido como 'Belgah' e foi assassinado em Piatã

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 21 de março de 2024 às 12:43

Cantor usava nome MC Belgah
Cantor usava nome MC Belgah Crédito: Reprodução/Redes Sociais

Wesley Lefundes Santos, 27 anos, morto a tiros após descer de um mototáxi, no bairro de Piatã, era cantor de trap - subgênero do rap/hiphop - e chegou a se apresentar em um show no Pelourinho, no Centro Histórico de Salvador. O cantor foi morto na tarde desta quarta-feira (20).

Vídeos de Wesley, conhecido como 'Belgah', mostram ele cantando no palco do Trap do Pelourinho, durante apresentação do Grupo Millenium Records. 

Imagens do crime mostram o jovem desembarcando do veículo e, segundos depois, ele tenta se esquivar dos tiros, mas é atingido e cai no chão.

Ele será sepultado nesta tarde, às 14h30, no Memorial Ordem I de São Francisco, no bairro de Cidade Nova. O velório começa às 12h30. 

Wesley, com camisa vermelha, cantando no palco
Wesley, com camisa vermelha, cantando no palco Crédito: Reprodução / Redes sociais

Sobre o crime

Segundo a Polícia Civil, os suspeitos chegaram em um outro veículo, atiraram contra a vítima e depois fugiram. O homem foi socorrido por uma unidade do Samu, mas não resistiu. 

Policiais militares da 15ª CIPM foram acionados para a Rua Desembargador João Azevedo Cavalcante, onde aconteceu o crime. Ao chegarem, os PMs constataram o fato e isolaram o local para a realização de perícia pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT).

As guias periciais e de remoção foram expedidas. Diligências investigativas são realizadas para esclarecer as circunstâncias, bem como a autoria e motivação do crime.