TRÁFICO DE DROGAS

Líder de facção do Complexo do Nordeste de Amaralina é morto em operação policial

Na ação foram apreendidas uma pistola da PM/BA, furtada durante os festejos do carnaval deste ano

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 10 de maio de 2024 às 14:48

Polícia Civil
Polícia Civil Crédito: Divulgação/PC

Um homem, suspeito de atuar como gerente do tráfico de drogas na região do Nordeste de Amaralina, foi morto em Salvador nesta quinta-feira (9). A morte aconteceu durante ação da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado na Bahia (FICCO/BA) que tinha como o objetivo de capturar o suspeito que era também o “braço direito” de uma das principais lideranças de uma facção criminosa originária do estado do Rio de Janeiro e que atua na capital baiana.

Durante a incursão das forças de segurança no Complexo do Nordeste de Amaralina, local considerado como “quartel general” da facção carioca na capital baiana, ocorreram confrontos entre as forças policiais e traficantes da região que culminaram com a morte do alvo. 

Na ação foram apreendidas uma pistola da Polícia militar da Bahia (PM), furtada durante os festejos do carnaval deste ano, além de drogas (crack, maconha e cocaína) e uma balança de precisão.

Contra o alvo havia um mandado de prisão em aberto (recaptura) pela prática do crime de tráfico de drogas, expedido pela Vara do Júri e Execuções Penais – Lauro de Freitas, Tribunal de Justiça do Estado da Bahia.

A ocorrência foi apresentada no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa da Polícia Civil da Bahia para os procedimentos de polícia judiciária.