SOTERRADO

MPT abre investigação para apurar morte de garimpeiro em Pindobaçu

Causa ainda não foi definida

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 5 de abril de 2024 às 16:05

O Ministério Público do Trabalho (MPT) abriu nesta sexta-feira (05) uma investigação para apurar o acidente que provocou a morte de um trabalhador em Pindobaçu, município baiano a cerca de 387 km de Salvador.

O acidente ocorreu na tarde de quinta-feira (04), mas a remoção do corpo só ocorreu na manhã de hoje. A vítima foi identificada como Cleiton Oliveira de Souza, de 51 anos. Ele estava no subsolo quando houve um desabamento e foi soterrado. Outros trabalhadores também foram soterrados, mas conseguiram sair do local.

O Corpo de Bombeiros e a Guarda Municipal foram acionados para prestar socorro, mas tiveram dificuldade para realizar o resgate devido ao difícil acesso ao local. Foi necessário o auxílio dos garimpeiros para conseguir a remoção do corpo da vítima, que foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML) de Senhor do Bonfim, cidade que fica a cerca de 40 km de Pindobaçu. Não há informações do que pode ter provocado o acidente.

O MPT deverá contar com informações dos órgãos que atuam no caso, como Departamento de Polícia Técnica, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Instituto Médico-Legal e principalmente a Superintendência Regional do Trabalho da Bahia (SRT-BA), órgão de fiscalização que em casos de acidentes fatais em ambientes de trabalho realiza perícia para verificar o cumprimento das normas regulamentadoras de saúde e segurança do trabalho específicas para cada tipo de atividade.