Orquestra Sinfônica da Bahia promove concertos gratuitos em julho; saiba mais

Confira datas para assistir os concertos

  • Foto do(a) author(a) Alô Alô Bahia
  • Alô Alô Bahia

Publicado em 10 de julho de 2024 às 14:42

Orquestra Sinfônica da Bahia
Orquestra Sinfônica da Bahia Crédito: Taylla de Paula

Neste mês de julho, a Orquestra Sinfônica da Bahia realizará duas edições da Série Manuel Inácio da Costa, com entrada gratuita. O projeto em que a OSBA percorre igrejas da capital baiana estará neste sábado (13), às 17h, no Santuário Nossa Senhora de Fátima, no bairro do Garcia, e no dia 21 de julho, também às 17h, na Igreja de São Francisco, no Pelourinho.

No concerto deste sábado (13), o regente convidado será o maestro paulista João Rocha. Bacharel em música pela Unicamp, o maestro-compositor tem sido laureado com diversos prêmios e traz consigo a experiência de reger em salas de concerto como o Carnegie Hall, em Nova Iorque.

Suas obras vêm sendo executadas por orquestras como a Sinfônica Brasileira e a Sinfônica da USP. “O programa desta apresentação está me deixando bastante empolgado. Vamos executar duas obras clássicas do repertório de música sinfônica mundial: a ‘Abertura Trágica’, de Johannes Brahms e a ‘Sinfonia Nº 6’, de Antonín Dvořák, e com certeza teremos um resultado lindo no sábado”, afirma o maestro.

Já no dia 21 de julho, também às 17h, a OSBA retorna à Igreja de São Francisco, no Pelourinho, desta vez recebendo como regente convidado o maestro Éder Paolozzi. 

Este concerto terá o violoncelista da OSBA Thomaz Rodrigues como solista. Um dos protagonistas do cenário de renovação da música clássica no Brasil, Paolozzi esteve à frente da Orquestra Sinfônica Cesgranrio e atualmente é regente titular da Nova Orquestra e da Funk Orquestra, com as quais tem feito turnês nacionais e apresentações em festivais como Rock in Rio. No programa desta apresentação, estão as obras ‘Concerto para Violoncelo Nº 1’, do compositor russo Dmitri Shostakovich (1906-1975), e a ‘Sinfonia Nº 5’, do finlandês Jean Sibelius (1865-1957).