Psicólogo é preso acusado de estuprar criança autista de 10 anos na Bahia

As investigações apontam que os estupros aconteceram por 11 meses

Publicado em 8 de dezembro de 2023 às 12:15

Polícia Civil
Polícia Civil Crédito: Haeckel Dias/ Ascom-PC

Um psicólogo que trabalhava no Centro de Atendimento Psicossocial (Caps), do município de Condeúba, no Centro Sul da Bahia, foi preso sob a acusação de ter estuprado uma criança autista de 10 anos. As investigações apontam que os estupros aconteceram por 11 meses.

Ele foi alvo de mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão cumpridos por policiais da Delegacia Territorial (DT) da cidade, nesta sexta-feira (8). Segundo a políica, as investigações começaram após denúncia de familiares da vítima.

O titular da Delegacia de Condeúba, delegado Sérgio Fabiano, informa que diversos elementos comprovaram a materialidade dos delitos. “Laudos periciais, exames e depoimentos colaboraram para o esclarecimento do caso e a identificação do suspeito, bem como as circunstâncias em que ocorreram os abusos”, informou.

O homem está preso à disposição da Justiça e a vítima foi encaminhada para atendimentos médicos e para a rede de assistência psicossocial. O Conselho Tutelar também foi acionado. As investigações terão continuidade, com o objetivo de determinar todas as circunstâncias em que os delitos ocorreram.