ELEIÇÕES

Sem Lula e Rui Costa, Geraldo Jr. lança pré-candidatura a prefeito de Salvador

O evento aconteceu nesta quinta-feira (6), no saguão de entrada da Arena Fonte Salvador

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 6 de junho de 2024 às 22:41

A ausência do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do ministro da Casa Civil, Rui Costa (PT), marcou o lançamento da pré-candidatura de Geraldo Júnior (MDB) a prefeito de Salvador. O evento aconteceu nesta quinta-feira (6), no saguão de entrada da Arena Fonte Salvador, com a presença do governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), e dos senadores Jaques Wagner (PT) e Otto Alencar (PSD).

O ex-governador Rui Costa, que cumpre missão internacional na China, ainda chegou a aparecer em um vídeo de aproximadamente 2 minutos. A professora e primeira-dama da Bahia, Tatiana Velloso, e o presidente do MDB, Baleia Rossi, também deixaram apenas uma mensagem virtual. O PT informou que Lula não participou do evento, porque não comparecerá a nenhum lançamento de pré-candidatura a prefeito e está focado em governar o País. O fato é que o presidente da República não apareceu nem entre os vídeos apresentados nos telões do evento.

O discurso de pontapé inicial de Geraldo Júnior para a corrida eleitoral reuniu contradições, como críticas ao BRT - modelo de transporte que apoiou quando era presidente da Câmara de Vereadores de Salvador. Em entrevista coletiva, o emedebista celebrou a unidade do seu grupo político para disputar o pleito.

“Aqui hoje é um momento de reafirmação da união, da união do nosso grupo político, da unidade do grupo político sobre a liderança do governador Jerônimo Rodrigues. Aqui é o momento da coalizão de todos os partidos, que às vezes não pensam de formas semelhantes”, afirmou.

Ligada ao Movimento Sem Terra, a pré-candidata à vice-prefeita da chapa do emedebista, Fabya Reis (PT), agradeceu, em seu discurso, à presença do movimento, durante o evento. “Estamos aqui com a luta pela reforma agrária, com o MST, nós estamos aqui com a MSTS”, afirmou.

Fabya Reis é casada com o deputado federal Valmir Assunção, que pertence a corrente petista Articulação de Esquerda, considerada uma das mais radicais do PT.