VIOLÊNCIA

Vendedor de acarajé é morto a tiros antes de fazer doação em Salvador

Jairo Brandão chegou a ser socorrido por populares ao Hospital Eládio Lasserre, mas não resistiu aos ferimentos

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 26 de fevereiro de 2024 às 16:30

Jairo Brandão dos Santos foi morto a tiros no início da manhã de domingo (25), no bairro de Castelo Branco
Jairo Brandão dos Santos foi morto a tiros na noite de sábado (24), no bairro de Castelo Branco Crédito: Reprodução/Redes Sociais

Um vendedor de acarajé, identificado como Jairo Brandão dos Santos, de 25 anos, foi morto a tiros na noite de sábado (24), na Rua Antônio Sacramento, em Castelo Branco. No momento que foi atingido por disparos de arma de fogo, Jairo estava entregando acarajés não vendidos para moradores em situação de rua.

A família de Jairo Brandão tem uma barraca de acarajé na Praça Mestre Gude. Em contato com o irmão da vítima, Jefferson Brandão, contou que após fechar o estabelecimento, Jairo foi até uma praça próxima ao local para distribuir acarajés que tinham sobrado, quando foi surpreendido por um motociclista armado que atirou, o deixando ferido na cabeça. A vítima estava de uniforme e com o saco para doação em mãos quando foi baleada.

De acordo com a Polícia Civil, Jairo Brandão chegou a ser socorrido por populares ao Hospital Eládio Lasserre, mas não resistiu aos ferimentos.

A 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central) investiga a morte. Autoria, motivação e circunstâncias do crime estão sendo apuradas. O Departamento de Polícia Técnica foi acionado, por meio das guias de perícia e remoção.