Brics condena ataques a civis e pedem por trégua imediata de conflito no Oriente Médio

O documento foi assinado pelas lideranças do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 21 de novembro de 2023 às 15:26

Bombardeios têm causado destruição em Gaza
Bombardeios têm causado destruição em Gaza Crédito: Shutterstock

Os países integrantes do Brics divulgaram comunicado conjunto no qual condenaram ataques a civis israelenses e palestinos no contexto dos conflitos do Oriente Médio e pediram pela libertação de reféns. Ainda, o comunicado criticou "qualquer tipo de transferência e deportação individual ou em massa de palestinos de suas terras".

Os países também pediram por uma trégua imediata e da prevenção de uma escalada da violência e da expansão do conflito, de forma que haja uma solução de dois estados, "levando ao estabelecimento de um estado da Palestina soberano, independente e viável".

Os integrantes do Brics também destacaram que se uniram a outros líderes globais para a adoção da resolução 2712 do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), que prevê pausas humanitárias e criação de corredores humanitários alargados.

O documento foi assinado pelas lideranças do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.