Seis países são convidados para integrar o Brics

Anúncio foi feito nesta quinta-feira (24), último dia da cúpula do grupo

  • D
  • Da Redação

Publicado em 24 de agosto de 2023 às 06:47

Cúpula do Brics, na África do Sul
Cúpula do Brics, na África do Sul Crédito: Ricardo Stuckert/PR

Seis países foram aprovados para ingressar no Brics a partir de 2024. Irã, Arábia Saudita, Egito, Argentina, Etiópia e Emirados Árabes vão integrar o grupo a partir de 1º de janeiro do próximo ano.

O convite foi anunciado pelo presidente sul-africano Cyril Ramaphosa, nesta quinta-feira (24). O debate sobre a expansão do bloco Brics, que inclui Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, esteve no topo da agenda durante as reuniões em Joanesburgo.

O presidente brasileiro Lula já declarou publicamente ser favorável à entrada de "vários países". “Agora, o PIB dos BRICS eleva-se para 36% do PIB global em paridade de poder de compra e 46% da população mundial”, disse Lula.

Mais de 40 países manifestaram interesse em aderir aos BRICS, informaram autoridades sul-africanos, e 22 pediram formalmente para serem admitidos no bloco.