5 terraços abertos ao público para apreciar a vista em Salvador

vanessa brunt
25.09.2019, 13:03:45
Atualizado: 25.09.2019, 13:36:24

5 terraços abertos ao público para apreciar a vista em Salvador

Apreciar o pôr do sol ou vistas incríveis da capital baiana pode se tornar ainda mais gostoso quando o momento é regado a comidas, a um cafezinho, a uma boa música ou apenas a um amplo e arborizado espaço. Todas essas possibilidades acontecem em diferentes terraços soteropolitanos que são abertos à visitação do público.

Para quem quer parar e escrever, para quem quer poetizar um momento romântico, para quem deseja fazer cliques incríveis ou apenas para quem quer pausar tudo e refletir: o que seria melhor do que estar nas alturas e vendo cada detalhe de cima – como um drone?

Como uma apaixonada por metáforas e pelo lado menos óbvio das coisas, fui em busca de informações fresquinhas sobre espaços culturais que estão chegando com novidades e outros que continuam belíssimos com diversas opções. Todos eles contam com diferentes tipos de terraços: alguns com restaurantes repletos de mesas e cadeiras, outros com palcos para shows e outros com ambientes mais amplos e lisos.

Conheça os terraços que podem ser acessados gratuitamente ou por um preço simbólico, mas que, no fim, são lucros impagáveis para os olhos:

1. A nova cafeteria da Aliança Francesa | @afsalvador

A Aliança Francesa é uma organização sem fins lucrativos que oferece cursos de francês, juntamente com programação cultural. No espaço, era possível encontrar uma cafeteria em um terraço com vista especial para o mar (da Baía de Todos os Santos) e para o pôr do sol.

Apesar da cafeteria ter sido fechada no início de 2019, já existe a confirmação de que uma nova será aberta daqui há dois meses no local. Ou seja, coloca na agenda: entre novembro e dezembro, um novo cantinho para quem quer degustar de cafés, bebidas geladas, salgados e outras opções está chegando aí.

Até a data chegar, o terraço e sua vista podem ser ainda visitados abertamente, mesmo que a reforma esteja ocorrendo. O local, inclusive, já recebeu aulas de yoga recentemente e costuma surpreender o público com eventos próprios do tipo.

Tudo por lá é sempre mesclado com música ambiente, geralmente com apresentações de chorinho. De quebra, ainda é possível conhecer as exposições, os livros disponíveis próximos à cafeteria e outros detalhes culturais e artísticos da Aliança.

➨  Precisa pagar para entrar? Não é necessário consumir para aproveitar a vista.
➨  Endereço: Av. Sete de Setembro, 401 – Barra
➨  Horário de funcionamento: 10h às 21h de segundas-feiras até sábados.
➨  Telefone: (71) 3336-7599
➨  Facebook (https://www.facebook.com/AliancaFrancesaSalvador/)

2. Terraço estilo mirante no Museu Abelardo Rodrigues

O Solar Ferrão é um espaço cultural que abriga a Galeria Solar Ferrão, o Museu Abelardo Rodrigues e quatro exposições permanentes. Entre as fixas, estão instrumentos musicais, um acervo com mais de mil itens com destaque para os indígenas, uma coleção de Arte Africana e outra de Arte Popular, com peças representativas para os nordestinos.

O espaço recebe, ainda, exposições fotográficas, interativas e de diversos outros cunhos. No Museu Abelardo Rodrigues, porém, o foco fica para exposições voltadas ao universo da arte sacra produzida no Brasil. Mas uma das principais graças do museu não fica na sua parte interior e sim no terraço, no qual acontecem apresentações musicais às quintas, que geralmente são de música clássica.

Arborizado e com alguns locais para sentar, o terraço amplo e sem mesas ou cadeiras ganha sua beleza principal na vista que, de cima, dá de cara para o colorido das arquiteturas diversas das casas e dos prédios históricos do Pelourinho. O Bairro da Saúde e Baixa dos Sapateiros são alguns dos locais possíveis de observar.

O espaço funciona como um mirante e fica aberto ao público durante todo o horário de funcionamento do Centro Cultural. No momento em que esta lista foi feita, no entanto, o museu está temporariamente fechado por estar passando por uma reformulação para o recebimento de uma nova mostra especial, mas será reaberto em breve. Para confirmar a reabertura, basta entrar em contato com o espaço via telefone.

➨  Precisa pagar para entrar? Em geral, não é necessário pagar para entrar e aproveitar. A depender da exposição que esteja acontecendo, porém, um valor a preço popular pode ser cobrado.
➨  Endereço: R. Gregório de Matos, 45 - Pelourinho
➨  Horário de funcionamento: terça a sábado, das 13h às 17h.
➨  Telefone: (71) 3116-6743
➨  Facebook (https://www.facebook.com/pages/Centro-Cultural-Solar-Ferr%C3%A3o-Pelourinho/717288985297021)

3. Terraço para curtir a vista no Glauber Rocha

O espaço Glauber Rocha, de lá de dentro, já surpreende pelas vistas. Ele traz suas grandes janelas de vidro dando espaço para uma ampla visão que mostra prédios históricos no Centro de Salvador. Para quem acabou de sair do museu ao lado ou da cafeteria de dentro do local, do cinema (do Espaço Itaú http://www.itaucinemas.com.br/pag/salvador-glauber-rocha) ou da livraria (LDM) que lá está, a poesia é apenas ampliada.

Vista do Glauber Rocha, na Praça Castro Alves (foto de Valdermira Guimarães/divulgação)

Mas o que nem todo mundo sabe que existe ali, é o terraço. Basta subir poucas escadas para chegar em uma das vistas mais poderosas da capital baiana. De lá, é possível ver o mar da Baía de Todos os Santos com as embarcações coloridas, as árvores, o pôr do sol e o movimento dos carros na rua da frente.

Apesar do espaço ao ar livre não ter móveis, é possível brincar pelo vasto ambiente liso e sentar pelo chão como muitos fazem, caso seja do agrado. O local é certeiro para um bom clique que brinque do alto com a vista ou que tenha de fundo construções antigas para os apaixonados por arquitetura.

➨  Precisa pagar para entrar? Não é necessário pagar para entrar e aproveitar. Pagamentos são feitos apenas na cafeteria, no cinema e na livraria (para quem for consumir algo).
➨ Endereço: Praça Castro Alves, s/n – Centro
➨  Horário de funcionamento: das 12h30 às 21h, em todos os dias da semana.
➨  Telefone: (71) 3011-4706
➨  Facebook (https://pt-br.facebook.com/public/Glauber-Rocha)

4. Terraço com eventos na Casa do Carnaval | @casadocarnavalbahia

Tecnologia e interatividade se misturam na Casa do Carnaval, que conta a história da folia com diversos ângulos e diferentes temáticas. Maquetes, roupas e instrumentos emprestados por artistas da festa, fotos, documentos históricos e dois cinemas fazem parte do ambiente.

Mas um dos principais shows do espaço está no seu último pavimento, que tem vista para a Baía de Todos os Santos e abriga um palco, mesas e cadeiras. A ideia é que o terraço seja utilizado para a realização de saraus, pequenos shows acústicos, lançamentos de livros e outras atrações culturais.

Vista da Casa do Carnaval (foto de divulgação)

Mesmo quando eventos não estiverem ocorrendo no espaço, ainda assim é possível dar uma passadinha pelo terraço e se surpreender com a vista e, até, com o próprio local, que continua com detalhes desenhos coloridos e baseados nos grafismos modernistas até ali por cima.

➨  Precisa pagar para entrar? Sim: R$ 30 (inteira) | R$ 15 (meia).
➨  Endereço: Praça Ramos de Queirós, s/n - Pelourinho
➨  Horário de funcionamento: terça a domingo, das 11h às 18h
➨  Telefone: (71) 3324-6760
➨  Facebook (https://pt-br.facebook.com/pages/category/Community-Museum/Casa-do-Carnaval-da-Bahia-562564460781128/)

5. Os terraços diferentes do Espaço Cultural D'Venetta | @dvenetta

Terraços podem ser coberturas planas de edifícios (como foram os casos de todos os indicados acima) ou podem ser, ainda, varandas amplas, um pouco mais altas e descobertas. O caso dos terraços do Espaço Cultural D'Venetta é, justamente, o da segunda opção.

Com fachada de azulejos e decoração repleta de objetos antigos, o local funciona como um restaurante onde a arte sempre tem sua vez. Maniçobas, feijoadas e bebidas tropicais se misturam com exposições, DJs, saraus, músicas e apresentações diversas.

Detalhe do restaurante D'Venetta (foto/divulgação)

No quintal dos fundos, onde acontece a maior parte das apresentações, é onde estão os terraços. Eles abrigam mesas e cadeiras para os clientes, além de pequenos espaços (como se fossem sacadas) que são aproveitados como palcos. Com muitas plantas ao redor e sensação de estar em um sítio, os terraços ficam ao lado de uma escada, como se fossem extensões dos degraus.

➨  Precisa pagar para entrar? Sim. É necessário consumir algo do restaurante.
➨  Endereço: Rua dos Abôdes, 12 – Santo Antonio
➨  Horário de funcionamento: de quarta a sexta, das 18h à 0h. Sábado, das 12h à 0h. Domingo, das 12h às 18h
➨  Telefone: (71) 3243-0616
➨  Facebook (https://pt-br.facebook.com/espaco.dvenetta/)
 


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/linn-da-quebrada-estrela-bixa-travesty/
Documentário debate sobre o corpo, gênero e identidades
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/policia-civil-analisa-imagens-de-acao-da-prf-que-deixou-adolescente-morto/
Pai foi ouvido no DHPP; familiares homenagearam garoto de 17 anos nesta quinta-feira (21)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/operario-fica-pendurado-em-predio-durante-pintura-e-e-socorrido-veja-video/
Ele foi retirado de edifício em Fortaleza e conduzido a unidade médica pelo Samu
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-passar-mal-e-ser-socorrido-no-senado-kajuru-segue-internado-na-uti/
Colega baiano Otto Alencar ajudou a socorrê-lo em plenário: ‘não vai ficar sequela’
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/matou-como-se-ela-fosse-bicho-diz-testemunha-de-crime-contra-moradora-de-rua/
Defesa de comerciante alega que ele reagiu a uma tentativa de assalto
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bombeiros-controlam-incendio-em-academia-na-graca/
Fogo começou por volta das 22h40 e foi contido rapidamente
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/vai-para-um-programa-que-te-mereca-diz-fontenelle-a-lacombe-ao-vivo/
Jornalista ficou sem graça com o comentário e afirmou estar feliz no Aqui na Band
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/audiencia-do-caso-davi-fiuza-e-marcada-para-abril-de-2020/