99 mais seguro

tecnoporto
15.01.2022, 13:10:02

99 mais seguro

Em 2021 o número de ocorrências graves de segurança, envolvendo motoristas parceiros da plataforma, reduziu em 37,5%. Os estados que puxaram essa redução foram Pará (36%), Rio de Janeiro (35%), Ceará (35%) e São Paulo (29%). As ações tomadas começam no cadastro dos passageiros onde as respostas a um questionário são direcionadas para uma solução anti-fraude da Serasa Experian, que garante que o documento do passageiro é dele mesmo, dentre outras checagens de inconsistência de dados. Uma outra ferramenta que aumentou a segurança dos motoristas e dos passageiros é o mapeamento de áreas de risco, onde os condutores auxiliam o aplicativo na determinação dessas áreas; ao que soma-se à utilização do sistema Hércules de Inteligência Artificial, que verifica padrões de comportamentos de risco, bloqueia a chamada e só a libera após validação de dados do passageiro. Uma outra ferramenta, a Cubo, evita que os motoristas sejam direcionados para áreas com indícios de violência. Para as passageiras mulheres algorítmos presentes nas ferramentas Pítia e Atena direcionam para elas somente motoristas mulheres ou mais bem avaliados. Para fechar o esforço no sentido de aumento da segurança de quem usa plataforma, durante a corrida as viagens são monitoradas em tempo real, por meio de inteligência artificial, permitindo detectar paradas longas ou com trajetos com tempo acima do previsto, para tomar medidas de segurança adicionais. O investimento feito em segurança nos últimos dois anos pela 99 foi de 70 milhões de reais.

Desenvolvendo a tecnologia para o futebol
Desenvolvedores que se interessem em criar projetos com foco no mercado do futebol vão poder participar de uma semana de treinamento promovida pela Sportheca, uma startup studio de inovação e tecnologia para a indústria do esporte. O melhor disso tudo é que depois de aprender alguns desses desenvolvedores podem ser contratados pela plataforma, e trabalhar em projetos com foco no futebol e na copa do Qatar. São 5.000 vagas para a semana de aprendizado Sportheca Mobile Dev Week, que vai de 17 a 20 desse mês. Na Dev Week os participantes vão trabalhar com mobile nativo para Android, componentes, layouts e UI/UX, além das linguagens Java e Kotlin. Após o projeto criado, os devs poderão subir o código no GitHub e compartilhar com a comunidade tech. Após o término da Sportheca Mobile Dev Week é a vez do bootcamp Sportheca Mobile Developer, evento indicado para devs de nível pleno e sênior que passarão por desafios de código e de projeto para colocar em prática o que foi abordado nos cursos, e cinco mentorias exclusivas elaboradas por experts da Sportheca. Os interessados em se inscrever na Dev Week podem acessar esse link. Já quem deseja participar do bootcamp basta acessar esse outro link.

Técnicos e empresas de informática mais conectados
A startup FindUp, da qual já falei aqui na coluna anteriormente, trabalha conectando técnicos de informática e empresas de todo o país. Os números do fechamento de 2021 mostram um crescimento de 133% no volume de negócios com mais de 3 milhões de reais em pagamentos aos técnicos. Segundo Fábio Freire, CEO e fundador da FindUP, o salto no faturamento foi possível graças ao início das operações direcionadas ao setor bancário, responsável por 30% da expansão da startup em 2021, e a um avanço de 25% no segmento varejista. Fábio explica que em 2022 novos produtos são a aposta para seguir crescendo. Será disponibilizado, por exemplo, um serviço em que a startup ficará responsável por monitorar o ciclo de vida dos equipamentos das empresas parceiras, indicando manutenções preventivas e acompanhando a vida de cada dispositivo até o momento do descarte. Para esse ano também será possível o armazenamento de equipamentos para, por exemplo, permitir eventuais mudanças de sede dos clientes, ficando a startup responsável pelo transporte e entrega desses dispositivos. A projeção da empresa é de que com esses novos serviços o crescimento na quantidade de solicitações mais que dobre, fincado em torno de 114% maior, uma garantia do ritmo constante de crescimento da startup e, também, do repasse para os técnicos inscritos na plataforma.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas